Entenda como funciona uma câmara refrigerada

Cada produto em um estabelecimento apresenta uma demanda diferenciada no transporte e armazenamento. Quando o assunto é setor alimentício, então, torna-se essencial o uso da câmara fria ou frigorífica. Mas você sabe o que é e como funciona uma câmara frigorífica? 

Neste post, você vai ficar por dentro de tudo sobre esse item: como escolher e projetar um equipamento que atenda às suas necessidades, qual o funcionamento e principais utilidades. De quebra, já ressaltamos que analisar o capital disponível para essa aquisição e a estrutura física do seu comércio é importantíssimo para definir o equipamento de refrigeração ideal.

Acompanhe a leitura para sanar todas as suas dúvidas!

O que é e como funciona uma câmara frigorífica? 

De modo geral, a câmara fria é um item que otimiza o armazenamento de produtos a partir da refrigeração ou congelamento. É especial para produtos ou materiais que exigem um maior nível de conservação, seja para manter a qualidade ou preservar as características físicas. 

As câmaras são ambientes amplos direcionados a estabelecimentos de maiores demandas, pois permite a movimentação de pessoas e mercadorias em seu interior. Esse é o principal aspecto que as diferencia de um sistema de refrigeração doméstico. 

Com base nessas características, é possível concluir que as câmaras são bastante úteis em frigoríficos e supermercados, visto que eles trabalham com quantidades em grande escala de produtos perecíveis que necessitam de baixas temperaturas para conservação.

Entender como é o funcionamento desse equipamento é essencial para instruir bem os profissionais que lidam diretamente com ele. Mas a boa notícia é que se trata de um sistema simples e de fácil utilização.

O que se deve ter em mente é que ele refrigera os produtos por meio da redução forçada de temperatura, que acontece por uma transferência de calor. Tudo isso devido a um fluido refrigerante do interior do circuito. 

Para que esse fluido seja eficiente no processo, o equipamento conta com diversos componentes: compressor, condensador, evaporador, válvula de expansão e ventiladores. Esses componentes são interdependentes e, juntos, fazem a câmara funcionar efetivamente. 

Qual a utilidade de uma câmara fria em um supermercado?

Você já pensou em colocar uma câmara refrigerada no seu supermercado? Como vimos, esse processo é importantíssimo quando o assunto é armazenamento eficiente e seguro de produtos, e, como resultado, permite um maior controle sobre os custos da empresa e gera maiores chances de vendas.

Portanto,vale a pena conhecer quais são as utilidades desse equipamento e como ele pode colaborar no seu negócio.

O primeiro fator que define a necessidade de uma câmara refrigerada é o volume de mercadorias a serem armazenadas. O proprietário de um supermercado possui diversos produtos perecíveis que necessitam de refrigeração. Com isso, uma câmara fria pode auxiliá-lo a estocar uma quantidade maior de mercadorias, com menor área de ocupação física do seu estabelecimento.

Dessa forma, a armazenagem torna-se mais eficiente, organizada e higiênica, com uma consequente redução no consumo de energia elétrica, a exemplo do uso de freezers.

Essas utilidades fazem toda diferença em um supermercado!

Diferença entre câmara fria de resfriados e câmara fria de congelados 

O que define a necessidade de uma câmara para apenas resfriar ou para congelar um produto é a temperatura para conservar os produtos. Vamos lá, as faixas de temperaturas específicas são fatores fundamentais na definição do equipamento para supermercado apropriado.

Entre 0ºC até 18ºC, a câmara fria de resfriados é indicada para o armazenamento dos produtos — semelhante à utilização das geladeiras. Já em temperaturas inferiores a 0ºC, é necessário o uso de uma câmara de congelados.

Ou seja, a diferença básica é o grau de refrigeração, pois abaixo de 0ºC o seu produto estará completamente congelado, preservando características físicas, o sabor e as propriedades nutricionais.

Por isso, é importante que o proprietário do estabelecimento defina qual a necessidade de refrigeração dos produtos presentes no seu estoque.

Agora que você já conhece um pouco mais das câmaras refrigeradas, detalharemos as diferenças estruturais desses itens. Você sabe o que difere uma câmara de alvenaria das produzidas com pré-moldados? Continue a leitura do texto!

Câmaras de Alvenaria X Câmaras Pré-moldadas  

As câmaras frias de alvenaria são feitas em cômodos já existentes no estabelecimento. Assim, uma das vantagens dessa forma de construção é a flexibilidade, pois existem inúmeros tamanhos de armazenagem.

Nesse modelo de refrigeração, é construído diretamente nas paredes de alvenaria, feitas com tijolo e cimento. Em seguida, é necessária a instalação de uma barreira de vapor a fim de reduzir a troca de calor com o ambiente. 

O acabamento desse tipo de construção é bem diversificado, por meio de tijolinhos, azulejos ou, até mesmo, cimento queimado. Na grande maioria das vezes, o custo dessa câmara é inferior aos outros processos construtivos.

As câmaras pré-moldadas são feitas com o uso de blocos de concreto previamente fabricados. Nesse sistema, a agilidade é uma das características benéficas, visto que permite o empilhamento e a modelação rapidamente.

Um detalhe que merece atenção nos dois sistemas de refrigeração citados é a presença do piso de alvenaria, em ambos os casos. A elevada resistência justifica o uso desse material.

Além disso, o isolamento é feito com chapas EPS, que possuem custos reduzidos, mas pouca durabilidade.

Quais os tipos de produtos que podem ser armazenados na câmara fria 

A cadeia de produção envolve diversos processos — beneficiamento, conservação e comercialização. Nessa perspectiva, alguns produtos precisam de baixas temperaturas para a sua correta armazenagem.

É comum que o uso de câmaras frias esteja correlacionado ao setor alimentício. Mas indústrias farmacêuticas e químicas fazem o amplo uso desse equipamento. Nos supermercados, é comum encontrá-lo refrigerando as bebidas, hortaliças, pratos prontos e outros alimentos que necessitem de temperatura controlada.

Além disso, as câmaras de congelados também são usadas amplamente na refrigeração de carnes e derivados bovinos. Ou seja, existe uma diversidade de produtos que podem ser armazenados nas câmaras refrigeradas.

Procedimentos para estocagem correta 

Diversos critérios devem ser analisados. O espaçamento é um dos mais importantes, já que é recomendável que os produtos não fiquem encostados nas paredes do refrigerador, com uma distância mínima das paredes de no mínimo 10 cm.

O ponto determinante na definição do espaçamento é a passagem do ar frio. Por isso, as prateleiras metálicas que possuem espaçadores entre si, são as mais utilizadas. Outro detalhe importante é referente ao uso de caixas de madeiras para a armazenagem.

A legislação proíbe esse uso. Desse modo, faça a opção por caixas plásticas. Manter o fluxo constante do ar frio e a higiene no interior da câmara são atitudes importantes para o uso correto do seu equipamento.

Como montar uma câmara refrigerada no meu comércio? 

Uma dúvida bastante comum que os empreendedores enfrentam é decidir qual o melhor item de refrigeração que atenda às suas necessidades. Devido à grande oferta de modelos e capacidades de refrigeração, o passo fundamental antes da tomada de decisão é realizar um planejamento.

Diversas teses de administração corroboram a necessidade de se planejar antes de tomar qualquer decisão que impacte o seu negócio. Com as câmaras refrigeradas essa regra é bastante válida.

Imagine projetar um equipamento que opere no seu limite, mas, mesmo assim, diversos produtos não cabem na sua câmara. Ou o contrário, o projeto concebido foi maior do que o necessário. Com isso, sua máquina será onerosa.

Ambos os casos demonstram as perdas financeiras e produtivas para o seu empreendimento. Por isso, a atuação de empresas especializadas são importantes para maximizar suas oportunidades.

A venda e a instalação devem ser feitas por profissionais que avaliem a área, a quantidade de produtos a serem armazenados e o capital disponível para investimento.

Fique sempre atento, pois é melhor contar com ajuda de quem já é especialista do que arriscar por conta própria e ter uma máquina ineficiente.

Agora você conhece um pouco mais sobre as câmaras refrigeradas e os impactos delas na sua empresa. A armazenagem correta do seu estoque é fundamental para a oferta de produtos de qualidade e que cativem os seus clientes.

Quer ficar por dentro das últimas novidades aqui do nosso blog? Não se esqueça de seguir nossas redes sociais. Estamos presentes no Facebook

Deixe um comentário