A experiência de compra é a chave para tornar a empresa memorável. A prova disso é que quem investe no marketing sinestésico são as grandes marcas, empresas novas e quem descobriu o impacto dessa estratégia. Aprenda sobre a experiência de compra neste conteúdo para alavancar o seu estabelecimento, boa leitura!

Experiência de compra: entenda o que é o conceito

Experiência de compra é a percepção que o consumidor tem durante o processo de aquisição de produtos ou serviços. Isso envolve sensações, emoções e sentimentos vivenciados durante e após a compra.

A experiência de compra é válida para o ambiente virtual e físico, e em ambos ela precisa ser positiva, caso contrário é ruim para fidelização de clientes e imagem da marca.

Prova disso é a pesquisa realizada pela PWC Brasil com 21 mil consumidores, onde constatou que os clientes estão dispostos a pagar até 1/3 a mais para ter uma boa experiência na loja, seja online ou presencial.

Nós últimos anos o marketing sinestésico, também conhecido como sensorial, ganhou força, sendo assim, ele é a chave para aplicar em sua empresa.

Marketing sensorial: conheça o poder dos 5 sentidos

Os cinco sentidos são paladar, audição, visão, olfato e tato, e todos eles podem ser aproveitados para criar uma memória positiva no consumidor.

 

Em ambientes físicos é possível aproveitar todos eles, um bom exemplo disso são as padarias. Ao passar em frente uma vitrine incrível (repleta de doces, salgados, organizada e bem iluminada), uma música ambiente do lado interno, cadeiras e mesas confortáveis e um atendimento cordial acaba contemplando muitos sentidos.

O tato ao segurar a sacola de pão que acabou de sair do forno, a audição com a cordialidade do atendimento e a música ambiente, a visão com a beleza e organização do local, tudo isso são exemplos de como todo um compilado de estratégias podem ser decisivas para definir se o consumidor irá investir ou não em determinado produto.

Principalmente para uma loja física, esses são pontos que valem muita atenção.

Essa é uma explicação didática sobre a utilização do marketing sensorial. Inclusive, é adaptável para todos os comércios, basta identificar os pontos do seu estabelecimento.

Como usar o marketing sensorial no comércio online?

Obviamente, quando o comércio é online alguns sentidos são perdidos, como olfato, paladar, audição e tato. Porém, o marketing sensorial no ecommerce é feito através da visão.

Isso acontece graças aos neurônios espelhos. Eles estão ligados ao “olhar e movimento”, aliás é uma das maiores descobertas da neurociência. É por meio deles que podemos aprender por imitação – observamos e reproduzimos o comportamento.

Por isso, colocar imagens humanizadas cria uma identificação com os internautas e, consequentemente, desperta o interesse de interagir da mesma forma ou mesmo de utilizar o produto. Sendo assim, invista em fotografias bonitas e um site que seja visualmente atrativo e intuitivo.

Além das imagens, a disposição do layout, cores utilizadas, descrição de cada produto, tudo isso é de suma importância para a jornada de compra do cliente.

 

4 dicas para melhorar a experiência de compra

Chegou o momento de aplicar o conhecimento anterior! Confira na sequência algumas dicas práticas que vão te ajudar.

1. Invista numa identidade visual

A identidade visual é o conjunto de elementos visíveis que acompanham a compra. Sendo assim, o produto, serviço e empresa apresentam de forma pontual e harmônica uma paleta de cores e fontes gráficas escritas de maneira semelhantes. Visíveis em decorações de ambientes, embalagens, logo, mascotes e uniformes.

Inspire-se em decoração de padaria e restaurante, aprenda a atrair os clientes!

2. Tenha um ótimo atendimento

O atendimento é um dos pilares da experiência de compra porque impressiona positivamente os clientes. Dessa forma, ajuda a construir uma imagem profissional e tornar-se a empresa uma referência no ramo.

No caso de restaurantes, é importante que os garçons recebam treinamento. Inclusive, em todos os departamentos é importante instaurar o marketing de relacionamento!

Um conselho: fale com empolgação, assim a pessoa sente a mesma emoção. Se o seu estabelecimento é somente delivery por aplicativo, invista em profissionais que fornecem um atendimento humanizado. Respostas rápidas, educadas e até criativas são boas opções.

3. Comunique com transparência

Esteja disposto a ouvir os feedbacks da clientela, são eles que estão desfrutando da experiência no estabelecimento e falando para os demais se vale a pena.

Inclusive, as pessoas consideram a opinião de amigos e familiares ou de outros consumidores mais importante, isso se deve a identificação que possuem entre si.

Portanto, esteja preparado para responder as avaliações de clientes com boas maneiras. Não é à toa que o Reclame Aqui é famoso.

4. Seja ágil

Ser ágil é ter fluidez nas ações, fazer bem feito, trabalhar rápido e com foco. É válido para o atendimento, ou seja, sua equipe está preparada para administrar dois, três ou mais clientes ao mesmo tempo?

Outro exemplo, em um restaurante é necessário que os cozinheiros sejam ágeis para preparar os alimentos e liberar ao serviço à maneira que o cliente pediu. Tudo isso sem queimar comidas ou causar desperdícios.

Todos os processos precisam seguir o mesmo fluxo, afinal de contas é um sistema e quando um trava, todos os demais sentem o impacto.

Gostou da dicas? Elas vão te ajudar a criar uma experiência de compra impecável. Continue acompanhando o blog da Castellmaq para sempre inovar nos negócios e alavancar as vendas.

Confira outros conteúdos interessantes:

3 dicas para escolher os melhores equipamentos para padaria

7 estratégias de marketing para supermercados

5 ideias de negócios lucrativos

banner equipamentos castellmaq