Você sabia que a panela é o equipamento considerado como o protagonista nos restaurantes? Não é à toa que existem vários tipos de panelas. Afinal, se você está preparando uma sopa ou uma carne, escolher o utensílio certo fará uma diferença enorme na qualidade de sua comida e na produtividade da cozinha.

Na verdade, escolher a panela adequada para atender às necessidades do seu restaurante é vital para as operações do dia a dia. No entanto, para que tudo funcione bem, é preciso ter um conjunto com vários tipos e modelos. Assim, você poderá oferecer molhos deliciosamente suaves, sopas reconfortantes e os mais crocantes legumes salteados!

Então, continue com a leitura e veja cinco diferentes materiais utilizados na fabricação dos diversos tipos de panelas e escolha a que melhor atende a cozinha do seu empreendimento. Confira!

1. Panela ou caçarola de alumínio

O alumínio é o material mais comum e mais utilizado na fabricação de panelas. Por serem leves, práticas e resistentes, facilitam a manipulação na hora de preparar os alimentos. Nelas, calor é bem distribuído em toda a sua extensão e o sabor da comida não se altera, independentemente da temperatura à qual ela é submetida. Por isso, a panela de alumínio é bastante utilizada na preparação de doces, refogados e frituras.

2. Panela ou caçarola de ferro

As panelas de ferro são indicadas para receitas que exigem um cozimento lento, já que são ótimas condutoras de calor. Com elas, é mais difícil queimar um alimento, pois, mesmo aquecendo muito, o calor é conduzido uniforme e lentamente por todo o seu interior. Além disso, também podem ser levadas ao forno.

No entanto, são panelas que podem enferrujar e também são muito pesadas, o que dificulta o manuseio. Assim, é necessário tomar algumas precauções durante a limpeza e ter a atenção de secá-las bem e passar uma leve camada de óleo, para só então guardá-las.

3. Panela ou caçarola de inox

São muito resistentes à corrosão, ao desgaste e à ferrugem. Panelas de aço inox são ótimas para várias preparações e mantêm o calor dos alimentos por mais tempo. Quanto à limpeza, é preciso ter cautela, pois, tendem a escurecer se não forem secas adequadamente. Não são muito indicadas para frituras, pois, esquentam muito rápido e podem queimar os alimentos.

4. Panela ou caçarola de cerâmica

O diferencial desse tipo de panela começa no sabor. Por não serem feitas de metais pesados, elas oferecem um gosto diferente e mais fiel ao prato. São duráveis e muito práticas, ótimas para o dia a dia. Também mantêm bem o calor, aquecem rapidamente e são ótimas para aqueles alimentos que precisam ser cozidos lentamente.

Outra vantagem é que são bem fáceis de limpar, não riscam e podem sair do fogão e ir diretamente para a mesa.

5. Caçarola de barro

Excelentes para o preparo de moquecas, caldos e outras preparações com peixes e frutos do mar. As caçarolas de barro são duráveis e conservam o calor por mais tempo. Além disso, podem ir ao forno e em contato direto com a chama do fogão, já que resistem até mesmo a altas temperaturas do fogão à lenha.

As panelas de barro permanecem conservadas por muito tempo, mas não resistem a quedas ou batidas. São pesadas, o aquecimento é lento e podem acumular restos de comida na superfície, por isso, é necessário fazer uma cura para, somente depois, poder utilizá-la.

Em uma cozinha profissional, é preciso ter diferentes tipos de panelas e modelos, como frigideiras, panela de pressão, caçarolas, panelas com cabo, etc., pois cada receita pede uma ferramenta diferente. Assim, tendo à disposição o recipiente apropriado para cada preparação, você ganha rapidez e agilidade para atender todas as demandas do seu restaurante.

Se você gostou do conteúdo, acompanhe-nos nas redes sociais para ter acesso às nossas publicações em primeira mão.

Estamos no FacebookInstagramTwitter e YouTube!

 

 

Powered by Rock Convert