A pipoca é um alimento enraizado em nossa cultura, principalmente na hora de assistir algum filme ou em uma conversa gostosa com os amigos na sala de estar. Podemos dizer também que é um alimento milenar, afinal, há registros que os índios americanos e mexicanos já a consumiam quando os Europeus chegaram lá.

A verdade é que o povo adora esse prato feito à base de milho. E, recentemente, surgiu uma tendência que inovou a forma de apresentá-lo e consumi-lo, é o conceito gourmet. Por isso, neste post, você vai saber se vender pipoca gourmet é um bom negócio!

Afinal, pipoca gourmet é um bom negócio?

Apesar de bastante simples de preparar, a pipoca sempre foi um alimento muito comercializado, seja nas entradas dos cinemas, em comércios ambulantes, além de estar constantemente presente nas festas infantis, juninas e outras datas comemorativas. Então, apostamos que você já comprou pipoca pronta, assim como muita gente.

Vendê-la pode ser uma ótima fonte de renda, e com o surgimento da versão gourmet, abre-se mais um leque de oportunidade para ganhar dinheiro. Não podemos desconsiderar o fato de que são consumidas cerca de 70 toneladas de milho de pipoca no Brasil todos os anos.

Bom, já deu para perceber que investir nesse modelo de negócio pode ser uma boa maneira de conseguir uma renda extra, não?

O que é pipoca gourmet?

No modo tradicional, o milho é estourado na panela com óleo e temperada com sal. Aos poucos, as pessoas começaram a acrescentar novos temperos, dando início ao que, atualmente, chamamos pipoca gourmet.

A pipoca gourmet nada mais é do que a adição/mistura de ingredientes diferentes para alcançar novos sabores. Doces ou salgadas, esse conceito está se popularizando e conquistando cada vez mais adeptos.

E não estamos falando apenas das crianças, os adultos também se interessam pelas receitas e, por isso, esse mercado tem se mostrado bastante rentável.

Algumas ideias de receitas para fazer pipoca gourmet Trouxemos algumas ideias de receitas para você implementar no seu negócio. Dá uma olhada:

– Pipoca de leite ninho

Essa é uma das favoritas dos apaixonados por pipoca doce, até mesmo porque a combinação de leite condensado e leite em pó não teria como dar errado, não é verdade? Uma receita simples e com muito sabor!

– Pipoca de brigadeiro

O povo brasileiro é o maior fã de brigadeiro, então, por que não combiná-lo com pipoca? Essa também é uma das preferidas dos amantes de doce. Basta misturar a pipoca ao brigadeiro e jogar chocolate granulado por cima.

– Pipoca de paçoquinha

Outra opção para os que gostam de doce, é a pipoca com paçoca. Para fazer essa receita, além do milho, você também vai precisar de manteiga ou margarina, açúcar e, claro, paçoca. Depois de estourar o milho por completo, derrame uma calda feita com a manteiga e o açúcar (preparada na panela ao fogo) e, por último, acrescente a paçoca triturada. Ah… O resultado fica melhor com aquele tipo de paçoca que esfarela.

– Pipoca com bacon

Para muitas pessoas, a pipoca com bacon não é mais uma novidade, afinal, a receita já tem fama há algum tempo. No entanto, ela pode se enquadrar em um negócio de pipoca gourmet. Para inovar, é possível, ainda, acrescentar um pouco de queijo cheddar.

– Pipoca com pimenta e especiarias

Se você está buscando uma pipoca salgada realmente diferente, essa é a melhor ideia! Para prepará-la, coloque um pouco de pimenta calabresa junto com um mix de especiarias, como cúrcuma, coentro, cominho e até canela – todos em pó.

Lembre-se que é preciso equilibrar os sabores, portanto, não exagere na quantidade dos temperos, pois eles são fortes.

– Pipoca funcional

Sim! Até mesmo pipoca funcional dá para fazer. A receita não é padrão, por isso, você pode usar laranja e gengibre, chocolate e canela ou açafrão da terra com alecrim. Depende da sua preferência.

É válido testar ingredientes para chegar ao sabor e equilíbrio que você espera. Para deixar saudável, utilize óleo de girassol ou de canola na hora de estourar os milhos e sal rosa do Himalaia para dar o toque final (se for salgada).

Essas são somente algumas opções, existem muitas outras. Use a criatividade e crie a sua própria receita!

O mais legal desse modelo de negócio, é que você não precisará de um investimento alto para iniciar. Basta escolher um ponto que tenha circulação de pessoas e os equipamentos necessários, como uma pipoqueira profissional e um carrinho de pipoca para comércio ambulante.

Se você é fã de pipoca e pensa em ganhar dinheiro com o prato, não deixe passar essa oportunidade. Comece já o seu planejamento!

Powered by Rock Convert