Você está em pensando em abrir um negócio? Montar uma quitanda pode ser uma ótima alternativa para faturar e garantir uma renda fixa. Trata-se de um investimento perfeito para quem prefere um modelo de negócio tradicional.

Por ser tradicional, esse tipo de estabelecimento funciona muito bem em bairros pequenos da cidade, por oferecer mais praticidade aos moradores da região: em vez de precisarem se locomover até o supermercado no centro da cidade, vão até a quitanda, onde as frutas e verduras são mais frescas e não há necessidade de gastar tanto tempo para fazer as compras.

Então, você se interessa pelo assunto? No post de hoje, verá um passo a passo para abrir uma quitanda no seu bairro.

Vamos lá?

Como montar uma quitanda? Passo a passo

Confira, a seguir, nossas dicas práticas para você começar a montar a sua quitanda:

  • Procure o local ideal para abrir a quitanda

O primeiro passo é, de longe, um dos mais importantes para o sucesso do seu negócio. Para montar uma quitanda de sucesso, é fundamental saber escolher o local ideal.

Escolha um local amplo, bem iluminado e com boa ventilação, localizado em uma rua movimentada em seu bairro. Assim, a circulação estará sempre garantida.

  • Tenha um propósito estabelecido

Antes de colocar a mão na massa, é essencial ter um propósito em mente. Não adianta querer abrir uma quitanda grande sem o dinheiro necessário, é muito mais válido concluir um ambiente pequeno e bem estruturado do que fugir do controle e acabar não conseguindo lidar com as dívidas.

Outro aspecto a ser considerado é o crescimento: é preciso ter em mente que esse tipo de negócio não tende a se tornar uma grande empresa, visto que a área de crescimento não se expande a toda a cidade, somente à região.

  • Tenha um bom fornecedor

Para se destacar entre os concorrentes, ofereça sempre produtos de qualidade e boa procedência. Para isso, procure um fornecedor confiável que disponibilize sempre verduras saudáveis, frescas e com boa aparência, afinal, a qualidade dos produtos de hortifruti o que mais diferencia a quitanda do supermercado.

  • Coloque-se no lugar do comprador 

Além disso, vale pensar em algumas praticidades ao dia a dia do consumidor. Proporcione frutas e verduras já picados e prontos para consumo. Vale também oferecer opções de delivery para facilitar o dia a dia do cliente.

  • Busque estar sempre atualizado

Um bom empreendedor está sempre se atualizando. No caso de quem abre uma quitanda, não é diferente. Estude as novidades e tendências no ramo das frutas e verduras, como receitas que estão em alta, alimentos que emagrecem, novidades do mercado, enfim, pense no que as pessoas estão buscando e use como marketing para o seu estabelecimento.

  • Tenha uma higiene impecável

Como muitas quitandas que entramos são bem antigas, é comum que estejam em situação precária. Mas sua quitanda não deve ser assim! Preocupe-se com a higiene de seu estabelecimento em primeiro lugar, afinal, estamos lidando com alimentos, e qualquer descuido pode se tornar um problema mais grave!

  • Utilize equipamentos essenciais

A estrutura mínima para abrir uma quitanda deve ter cerca de 50 m², que é um espaço bom para dispor os equipamentos, prateleiras e o lugar para as pessoas passarem.

Alguns equipamentos essenciais são:

  • Balança pesadora: esse é basicamente o instrumento básico que todo dono de quitanda deve ter. A balança pesadora serve para ter um controle da quantidade que o cliente está levando e quando ele deve pagar por isso.

Embora seja um ambiente pequeno e simples, é importante investir em uma balança pesadora digital, que garanta precisão e agilidade para contabilizar o preço que deve ser pago.

Outra opção é a balança etiquetadora, que deixa o serviço mais completo e eficiente.

  • Balcão refrigerado: no balcão refrigerado, você armazena produtos que precisam de resfriamento para manter conservados e com qualidade. Bebidas e verduras picadas são exemplos disso.
  • Computador: seja qual for o negócio, é importante que você tenha um computador. Eles servem para automatizar e dar mais praticidade aos processos internos.
  • Impressora fiscal: a impressora fiscal imprime os cupons fiscais das compras.
  • Suporte de sacos plásticos: esse equipamento é essencial para a praticidade dos clientes na hora de escolher a frutas e hortaliças. Tenha uma em cada divisória para que ele não precise se locomover.
  • Prateleiras e gôndolas: esses itens são essenciais para organizar as frutas e hortaliças e deixá-las bem dispostas aos clientes.
  • Caixas: as caixas também são importantes para organização, pois guardam os produtos antes de irem às prateleiras.
  • Placas de preço: para o consumidor não precisar ficar perguntando a todo momento o preço do produto, é essencial que você disponha placas de preço. O preço é um fator essencial na compra, afinal, o comprador precisa estar ciente de quanto vai gastar.
  • Carrinhos e cestinhas: esses acessórios são indispensáveis para otimizar a experiência do comprador no estabelecimento.

E aí, este artigo foi útil para você? Esperamos ter esclarecido e te ajudado a começar a planejar seu investimento.

No site da Castellmaq, você encontra os melhores equipamentos para o seu estabelecimento. Confira!

Powered by Rock Convert