Qual a melhor máquina de crepe: a gás ou elétrica?

Quem trabalha com a produção e venda de crepes, usufrui da praticidade e baixo custo que esse alimento exige em sua produção – o que é um ponto bastante positivo para o dono do negócio: uma produção barata para um produto delicioso e rentável. 

Sendo assim, trata-se de uma ótima opção para quem deseja faturar sem abrir mão da praticidade. No entanto, para que o resultado final seja de qualidade, é essencial que sua produção seja realizada em uma máquina específica para tal fim.

No mercado, encontramos uma grande variedade de tipos de crepe, tal como uma diversas alternativas de equipamentos para a produção de cada um. Um dos critérios para escolher a melhor máquina é, sem dúvida, o custo-benefício que ela oferece. A partir daí, levanta-se várias questões: a qual a melhor máquina de crepe, a gás ou elétrica? Qual é mais econômica? Qual devo comprar?  

No post de hoje, vamos te ajudar a entender qual o melhor equipamento de trabalho para esse segmento, e, assim, manter um controle de qualidade eficiente em seu negócio. Então, acompanhe a leitura e anote nossas dicas!

Tipos de máquina de crepe: qual o melhor?

Antes de escolher entre a máquina elétrica ou a gás, é essencial decidir qual é a máquina de crepe mais eficiente em seu negócio. Mas isso é um processo relativo, uma vez que cada uma é desenvolvida para a produção de um crepe diferente. 

Veja quais são os principais tipos de equipamentos de acordo com o tipo do produto:

Máquina de Crepe Francês: esse equipamento é simples: trata-se de uma chapa elétrica plana e redonda. Sabe aquele crepe fininho e redondo, que é recheado e dobrado ao meio? A massa tem de ser bem espalhada pela máquina, como se fosse uma panqueca super fina. Normalmente, possibilita a produção de um crepe por vez. 

É necessário ter mais experiência para utilizar esse item, pois é fácil errar o ponto da massa, o que dificilmente acontece com o crepe suíço. 

Máquina de crepe Suíço: essa é composta por duas chapas antiaderentes que se fecham visando preparar os dois lados ao mesmo tempo. Sabe aquele crepe no palito? Esse item é ideal para sua produção, e permite o preparo de até seis crepes de uma só vez. Se você atende vários clientes ao mesmo tempo e busca eficiência e praticidade, essa é a melhor opção para você. 

Após escolher qual dos dois tipos de máquina adquirir para seu negócio, é hora de decidir qual o modelo ideal: a gás ou elétrico. 

Máquina de crepe suíço elétrica ou a gás 

Cada opção tem suas vantagens, e isso não podemos negar. A questão é qual é mais adequada ao seu contexto de trabalho, seja ele qual for. Esse é o principal aspecto que deve ser analisado para finalmente decidir dentre as duas opções. 

Veja, a seguir, como a situação interfere na escolha e qual a melhor opção em diferentes contextos: 

  • Máquina de crepe a gás

Se você é um vendedor ambulante, que está sempre se locomovendo para gerar suas vendas em busca de público, deve ser difícil sempre encontrar uma estrutura disponível para ligar sua máquina na energia elétrica, não é mesmo? Nesse caso, a crepeira a gás é a melhor opção para você. 

A crepeira a gás também tende a aquecer em uma velocidade satisfatória, sendo ideal para quem busca uma produção mais rápida. Além disso, essa opção é também mais econômica do que a elétrica, visada para os que valorizam a economia. No entanto, o gás utiliza mais recursos naturais para produzir a mesma energia, e isso não é legal no sentido de preservar o meio ambiente.

Outro aspecto negativo é que o gás precisa ser reposto frequentemente – normalmente uma vez por mês -, de acordo com a demanda de uso, deixando sua utilização menos prática. 

  • Máquina de crepe elétrica: 

A crepeira elétrica é a melhor opção em diversos sentidos. Primeiramente, ela dispensa aquele compromisso mensal de ficar trocando o botijão, que gera dores de cabeça e cansaço.

Além do mais, a elétrica é a mais indicada para cozinhas, visto que esse é um ambiente que fica em contato com diversos itens que entram em combustão com o gás, como óleos e gorduras. Com o equipamento elétrico, os riscos de incêndios são exponencialmente menores. 

Outro ponto importante a ser destacado é que ela é mais prática: não há necessidade de ficar transportando o botijão, caso vá mudar o seu ponto, basta retirá-la da tomada e colocá-la na nova entrada de energia. Também permite um maior controle sobre sua temperatura: é possível escolher a temperatura ideal e ainda manter ela equilibrada automaticamente. 

E aí, qual é a melhor para você? Na Castellmaq, você encontra diversos modelos de crepeira para seu negócio, de 6 a 8 cavidades. Aqui, é possível escolher os melhores equipamentos do setor alimentício para garantir segurança e praticidade no seu dia a dia.

Se você quiser receber mais conteúdos relacionados, confira os posts de nosso blog – aqui, você fica por dentro de tudo que precisa para impulsionar seu negócio do segmento alimentício! 

Deixe um comentário