Apostar na venda dos alimentos sem glúten e lactose pode ser um diferencial para quem trabalha no setor de gêneros alimentícios. Isso porque há bastante demanda para esse tipo de produto, que nem sempre é encontrado facilmente nas prateleiras e gôndolas dos supermercados ou nos cardápios dos bares e restaurantes.

Portanto, se você já tem um negócio na área da alimentação ou está dando os primeiros passos e pretende abrir um novo estabelecimento, não deixe de se informar sobre como pode tirar proveito de diferentes modalidades de alimentos para venda.

Neste post, vamos explicar por que você deve apostar em alimentos sem glúten e sem lactose. Siga conosco e confira os principais motivos que você precisa levar em consideração.

Acompanhamento de um crescimento do mercado

A Associação de Celíacos do Brasil (ACELBRA) afirma, de acordo com uma reportagem publicada no Jornal da Unicamp, que, no Brasil, existem mais de 892 mil pessoais que são portadoras de doença celíaca, ou seja, que não podem consumir glúten, por não metabolizarem esse componente. Já no que se refere à intolerância à lactose, a associação estima que até 40% da população apresente restrições, em diferentes níveis.

Devido a esses números crescentes de pessoas que desenvolvem essas restrições alimentares, o mercado de alimentos sem glúten e sem lactose tem crescido muito nos últimos anos.

Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, o diretor da empresa Gluten Free Brasil afirmou que o mercado para esse tipo de alimento, apenas entre os anos de 2015 e 2016, cresceu entre 30% e 40%.

Prova de que há cada vez mais pessoas interessadas nesse tipo de produto é que diversos clubes que fazem entregas de caixas com produtos sem glúten e lactose surgiram nos últimos anos, todos eles com excelentes taxas de vendas. Apesar disso, nos meios tradicionais, como supermercados e padarias, ainda há certa dificuldade em encontrar esse tipo de produto.

A partir dessa realidade, pode-se compreender que o mercado para esse tipo de alimento está em constante crescimento e que acompanhar essa tendência pode significar um aumento considerável na lucratividade dos negócios.

Além de vender os alimentos sem glúten e lactose em seu próprio estabelecimento, você pode ainda revendê-los para outros locais, como lojas especializadas em alimentação especial e supermercados parceiros.

Expansão do público-alvo

Ao oferecer a venda ou fabricar produtos sem glúten e sem lactose, você estará expandindo o seu negócio, atendendo a um público-alvo que busca por alimentos com essas características.

As pizzarias, por exemplo, podem fazer receitas como a com a base feita de abobrinha em vez de massa, atraindo as pessoas com doença celíaca. Já para os intolerantes à lactose, podem ser oferecidas as opções com queijo sem esse componente.

Quem fabrica alimentos, como as padarias, também pode desenvolver opções para esse público, fazendo pães, bolos e biscoitos em que a farinha de trigo é substituída pela farinha de milho ou polvilho, por exemplo. Já os produtos que levam leite de vaca podem ter o componente substituído pelo leite de coco ou o leite de arroz.

Essas opções de produtos certamente farão com que você possa aumentar o leque de clientes a que atende em seu estabelecimento. Além das pessoas que não podem consumir o glúten e a lactose por conta de doenças ou condições de saúde, você também poderá atingir a um público que eventualmente corta esses elementos de sua alimentação, por estarem fazendo dietas para emagrecimento, por exemplo.

Cortar o glúten temporariamente da alimentação é uma recomendação de muitos médicos e nutricionistas para pessoas que precisam fazer determinados tipos de tratamento para doenças, logo, a procura desse tipo de alimento também pode atender a esse público.

Apresentação de um diferencial

Vender alimentos sem glúten e lactose pode ser um grande diferencial para o seu estabelecimento, pois, apesar do crescente mercado, ainda são poucos os locais que oferecem esse tipo de alimento, principalmente fora dos grandes centros urbanos. Assim, você pode ser pioneiro na sua cidade ou bairro, por exemplo, se tornando uma referência nesse segmento.

É importante destacar e também divulgar em suas redes sociais ou campanhas publicitárias que os seus alimentos sem glúten e sem lactose realmente não têm nenhum resquício desses componentes.

Isso porque as pessoas que são alérgicas não podem ter nenhum tipo de contato com o glúten e a lactose. Assim, se um pão feito com farinha de milho é assado na mesma forma que um outro que foi assado com a farinha branca, por exemplo, pode ser que tenham ficado resquícios da receita anterior, gerando a chamada contaminação cruzada.

Até mesmo o forno e os equipamentos utilizados para a fabricação de produtos sem glúten e sem lactose deve ser diferenciados. Somente assim os alimentos não serão contaminados pelo componente e as pessoas alérgicas poderão comprar de você, tendo a certeza de que estão consumindo um produto que realmente é diferenciado e seguro.

Parcerias com entidades e associações

Em páginas nas redes sociais ou blogs e sites de entidades e associações de pessoas com doença celíaca ou intolerantes à lactose, é comum encontrar listas de estabelecimentos que vendem alimentos sem glúten e sem lactose.

Assim sendo, você pode firmar parcerias com essas instituições e incluir o nome do seu negócio nessas listagens, para que as pessoas que fazem parte delas saibam que você tem a preocupação de atendê-las e comercializa esses produtos com restrições.

Também é possível que essas parcerias resultem em eventos, como palestras e feiras de alimentos para pessoas com restrições, que podem ser uma excelente oportunidade para divulgar a sua marca e também comercializar aquilo que você produz.

Como você pode perceber, investir no mercado de alimentos sem glúten e lactose pode ser uma excelente oportunidade de negócio, impulsionando, assim, os lucros do seu estabelecimento. Portanto, não perca essa oportunidade e invista nessa área para atrair mais clientes.

Gostou do nosso artigo? Mais dicas interessantes como essas podem ser encontradas em nossos perfis nas redes sociais. Estamos no Facebook, no Twitter, no LinkedIn, no YouTube e no Instagram. Acompanhe-nos em todos esses canais e esteja sempre muito bem informado, com dicas e ideias relevantes para o seu negócio.

Powered by Rock Convert