O que é food truck? Saiba o que é necessário para abrir o seu!

Há quem diga que é um restaurante sobre rodas; outros, que é uma evolução das tradicionais barraquinhas de comida, muito populares no Brasil. Mas afinal, você sabe o que é um food truck?

A expressão, do inglês, significa algo como “caminhão de comida”, em tradução livre (food, comida e truck, caminhão). Então um food truck é nada mais que uma cozinha itinerante – o local onde alimentos são produzidos e comercializados de forma móvel.

Essa modalidade de negócio existe há bastante tempo, mas só recentemente tem tido o devido destaque, que gerou um grande número de investimentos e melhorias na área. Assim, hoje já estão disponíveis em todos os lugares, para todo segmento e estilo alimentício.

O que também significa que as cozinhas itinerantes tornaram-se uma ótima opção de investimento, especialmente para os que buscam um modelo inovador, de sucesso e com grandes possibilidades lucrativas.

Sendo assim, o blog da Castellmaq preparou um conteúdo exclusivo com tudo o que é necessário para abrir um food truck: implicações legais, equipamentos necessários e algumas dicas essenciais para iniciantes.

Acompanhe a leitura e saiba tudo sobre o assunto:

Adequações legais para food trucks: o que é preciso?

Como todo tipo de comércio, um restaurante móvel também precisa se adequar à legislação vigente em níveis federal e municipal, a fim de estar em conformidade com a lei e operar tranquilamente, conforme as medidas de segurança exigidas.

No caso dos trucks, por serem veículos, eles ainda precisam se adequar às normas de trânsito que regulam a circulação de veículos nas vias públicas, estacionamentos e afins. 

cozinhando no food truck

Parece complicado? Por esse motivo, preparamos uma lista das regulamentações necessárias para que seu food truck possa operar legalmente, olha só:

1. Legislativa:

Cidades como Rio de Janeiro e São Paulo contam com leis municipais sobre a circulação e a operação de cozinhas móveis dentro dos limites municipais. Caso a sua cidade também possua legislação específica, é de sua responsabilidade checá-la e adaptar-se corretamente. Por isso, muita atenção!

Existe, hoje, no Brasil, o Projeto de Lei 216/19, o qual pretende regulamentar a prática de food truck e food bikes em todo território nacional. O projeto está em discussão.

2. Sanitárias:

As medidas sanitárias são essenciais e indispensáveis para o sucesso de sua nova empreitada. No Brasil, os órgãos responsáveis pelo controle do preparo, do armazenamento e do acondicionamento alimentar são a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e o Corpo de Bombeiros – especialmente no que diz respeito à prevenção de acidentes.

No que diz respeito às recomendações da Anvisa, os proprietários de trucks devem estar de acordo com as Resoluções/RDCs 216/2004 e 49/2011. Em relação ao Corpo de Bombeiros, a norma válida é a PPCI (Plano de Prevenção Contra Incêndios) para eventos, que prevê o planejamento das instalações hidráulicas, elétricas e etc.

3. Trânsito:

O Departamento de Trânsito (Detran) é quem cuida da legalização das cozinhas itinerantes sobre rodas, o que inclui dimensões específicas, concessões e proibições relativas a esses veículos diferenciados.

Vale lembrar, também, que todo proprietário de food truck precisa estar inscrito na Receita Federal sob a forma de CNPJ e, caso opte, MEI (Microempreendedor Individual). Isso porque o regime tributário confere algumas salvaguardas indispensáveis aos empreendedores iniciantes.

Montando uma cozinha compacta: itens essenciais

Por serem ambientes reduzidos e que estão constantemente em deslocamento, a palavra de ordem da cozinha de um food truck é eficiência. É preciso que todos os equipamentos sejam práticos, adaptáveis e resistentes.

A lista específica dos aparelhos necessários para sua cozinha depende muito do tipo de negócio você deseja montar: uma hamburgueria, sorveteria, venda de crepes, churros e afins – cada um deles exige um maquinário específico.

De forma geral, as cozinhas de refeições quentes precisam dos equipamentos básicos, como fogões e chapas, assim como um refrigerador para manter todos os alimentos conservados e as bebidas geladas.

Aliás, a refrigeração é primordial em todos os tipos de trucks, uma vez que é a responsável pela conservação alimentícia – sendo um item obrigatório nas legislações sanitárias de controle.

No caso de empreendimentos no ramo de sobremesas, são necessários equipamentos específicos, como máquinas de sorvete e semelhantes. A melhor forma de entender a necessidade de máquinas específicas é montando a ficha técnica e o seu cardápio, que determinará as necessidades do seu comércio.

comida de food truck

Dicas para começar bem: ideias criativas

Agora que você já sabe tudo o que é necessário para montar um food truck, a Castellmaq preparou algumas ideias criativas para você dar o pontapé inicial com tudo e garantir o sucesso do empreendimento desde o início:

  • Planeje um cardápio diversificado, mas focado nos alimentos que mais fazem sucesso na sua cidade;
  • Escolha locais estratégicos para as paradas temporárias
  • Invista no marketing visual da sua marca: cartõezinhos, redes sociais, estilizações – são os detalhes que fazem a diferença;
  • Muita atenção ao clima, ele é fator determinante para um dia movimentado ou mais lento.

E então, gostou das nossas dicas? Aproveite para saber como precificar seus produtos alimentícios e otimizar os lucros do seu negócio. Para mais dicas como essas e conteúdos úteis e práticos, acompanhe as atualizações do nosso blog – tem coisa nova toda semana. Boa sorte e até a próxima!

Deixe um comentário