Como qualquer negócio, a mercearia possui suas particularidades. Em essência, é um empreendimento de pequeno a médio porte, que oferece um serviço mais pessoal, íntimo e rápido a uma seleção específica de clientes: pessoas que buscam itens do dia a dia perto de casa, tanto pela comodidade das curtas distâncias como pela sua familiaridade e relacionamento com o estabelecimento.

Por essa razão, a seleção de produtos de uma mercearia ou mercadinho deve obedecer a alguns parâmetros específicos; afinal, não se pode oferecer todas as novidades do mercado nem todos os produtos existentes. 

No post de hoje, portanto, te auxiliaremos na difícil missão de compor uma lista de compras eficiente, variada, simples e que atenda às expectativas do seu cliente. Preparado? Fique atento às dicas:

Conhecendo o público do seu estabelecimento

Antes de compor sua lista, busque entender quem e como são as pessoas que vão frequentar seu estabelecimento. Assim, poderá antecipar suas necessidades e possíveis queixas.

Lembre-se que seu espaço físico deve ser bem aproveitado e os recursos financeiros devem ser utilizados com sabedoria. Por isso, não tente oferecer todas as opções possíveis em todos os produtos imagináveis.

Contar com uma boa seleção – variada, porém limitada – é o ponto ideal entre a satisfação de seu cliente e uma gestão consciente dos diversos recursos do seu empreendimento. Para decidir entre o que fica e o que é posto de lado, faça algumas perguntas básicas:

  • Meu cliente se interessaria por este produto? Com que frequência? 
  • Meu cliente pode pagar por esse produto?
  • Existe algum produto complementar que deva ser adicionado à determinada seção de meu estabelecimento?
  • Possuo as condições de armazenamento exigidas para esse item?  

Com reflexões simples como essas, a grande maioria das adições pouco vantajosas será descartada. Dessa maneira, fica bem mais fácil pensar em uma seleção certeira para seu comércio.

Papel e caneta em mãos: montando sua lista

O processo apresentado na seção anterior é crucial, mas existem alguns produtos que simplesmente não podem faltar em seu comércio. Olha só:   

1. Alimentícios básicos na tradição brasileira

Mantenha em sua mercearia uma ou duas opções de arroz, feijão, macarrão, óleo, farinha, café, leite e pães embalados. Outros itens para café da manhã também são muito visados, como achocolatados, cereais matinais, geleias e manteigas. Esses produtos são muito consumidos e, quando acabam, precisam ser repostos com rapidez; nessas situações, é provável que seu cliente prefira comprar perto de casa.

2. Itens de bomboniere

Chocolates, doces, bolinhos, biscoitos, bombons, balas, gomas e chicletes. Esses produtos são pequenos, baratos, fáceis de armazenar e vendem muito, para todos os públicos. Ofereça variedade e tenha a certeza do retorno financeiro. 

3. Se possível, ofereça produtos de hortifruti

Mercearias são conhecidas por oferecer verduras, legumes e frutas perto de casa, com comodidade. Opte pela maior rotatividade dos seus produtos de hortifruti, pois são bem frágeis e perecíveis: mantenha estoques pequenos, com pouca sobreposição. Para oferecer sempre os produtos mais frescos, estabeleça parceria com os fornecedores locais. 

4. Seleção básica de bebidas

Se falta refrigerante, suco ou cerveja em um almoço de domingo, por exemplo, basta caminhar até a mercearia mais próxima e comprar o que precisar. Não deixe faltar tais itens em seu comércio! Se for possível, prefira oferecer bebidas refrigeradas, que podem ser consumidas imediatamente; este é um diferencial importante!

5. Utilidades domésticas básicas

Uma mercearia completa vende produtos de necessidade básica, que o consumidor preferirá comprar em estabelecimentos da vizinhança. São eles: vassouras, rodos, detergentes e outros materiais de limpeza simples, além de itens descartáveis para cozinha ou festas. 

6. Elementos que, quando faltam, devem ser comprados imediatamente

Dentre eles, estão os itens de higiene pessoal: pasta de dente, fio dental, papel higiênico, sabonetes, absorventes, shampoos e condicionadores. Se puder, adicione produtos como escova de dentes e fraldas. 

7. Dicas para aperfeiçoar sua seleção

Contando com os itens mais básicos para alimentação, bomboniere e utilidades domésticas, você já poderá iniciar as atividades de seu comércio. A partir de então, realize duas ações muito simples que te ajudarão a encontrar os produtos faltantes. Veja:

8. Avalie os produtos com melhores e piores desempenhos de venda

Não tenha pena de retirar de seu mix de produtos os itens que não vendem bem. Se o produto em questão é um item básico, pode ser que a variedade escolhida não seja aquela que o cliente espera encontrar.

Por outro lado, se observar que a saída de algum de seus produtos se destaca de maneira clara, estude a adição de outras variedades ou produtos relacionados. 

9. Consulte seu cliente

Mercearias possuem uma vantagem imbatível em relação aos empreendimentos maiores: o relacionamento com os clientes é direto e constante. Essa é, inclusive, uma das características procuradas por quem compra em mercados locais.

Utilize-se bem dessa possibilidade. Ao perceber que um cliente observa seus produtos e não encontra o que precisa, não hesite e pergunte o que falta! Dessa maneira, você completa seu repertório de produtos e inicia um bom relacionamento com seu público, que perceberá sua preocupação sincera. 

Agora que você sabe quais são os passos iniciais para uma lista de produtos impecável, coloque a mão na massa e conte o resultado pra gente. Vamos adorar ler sobre suas experiências!

Para mais posts sobre gestão de estabelecimentos comerciais, refrigeração industrial e tudo que envolve o comércio alimentício, fique atento às atualizações do blog Castellmaq: postamos toda semana.

Até mais, lojista!

Powered by Rock Convert