Está pensando em se inserir no mercado de delivery mas não sabe muito bem como se cadastrar no iFood para vender? A verdade é que a contratação da plataforma enquanto restaurante ou mercado é bastante simplificada e totalmente feita pela internet. 

Por esse motivo, cada vez mais negócios estão aproveitando essa plataforma com milhões de usuários ativos para aumentar suas vendas e sobreviver à crise trazida pelo fechamento das portas para as vendas presenciais. 

Se você está pensando em desbravar esse meio e não sabe por onde começar, este guia é para você! Aqui, mostramos tudo o que precisa para realizar o cadastro de vendedor no iFood, os planos disponíveis e o passo a passo. Siga a leitura e veja como fazer:

Tutorial de como se cadastrar no iFood para vender

O cadastro na plataforma é rápido, mas antes de efetivamente abrir as portas e começar a vender no aplicativo de delivery é preciso agendar a data de início de vendas e cumprir o tutorial da plataforma de gestão. Também, é preciso ser aprovado pelas checagens que a equipe do aplicativo faz para ser aprovado. 

No geral, você pode começar suas vendas 2 dias úteis depois de fazer o seu cadastro, ou em outra data que você agendar dentro de 30 dias. Para tanto, siga os passos abaixo:

1. Certifique-se de cumprir todas as exigências do aplicativo:

Para ser um restaurante parceiro do iFood é preciso ter:

  • Cadastro CNPJ ativo com CNAE ligado à atividades do ramo alimentício;
  • Uma conta bancária em nome do CNPJ (no caso de MEI, em nome do responsável legal);
  • Internet com velocidade ideal para receber os pedidos;
  • Um computador Windows ou celular Android para acessar a plataforma de gestão de pedidos;

Caso o seu plano de contratação seja o básico, será necessário ter alguém da sua equipe à disposição para realizar as entregas também. No caso de cadastro de mercados, é preciso todos os pontos acima e um Sistema ERP ou PDV com integração para o SiteMercado. 

E sim: é preciso ter CNPJ para vender no iFood! Essa regularização faz parte das exigências do app para atuar de forma legal na venda de alimentos. Se você ainda não tem seu negócio completamente montado, pode conferir nosso tutorial de como montar um delivery de comida e aprender por lá também! 

2. Escolha o plano do iFood que melhor te atende

No momento de contratação do serviço do iFood para restaurantes, é possível escolher entre dois planos distintos. O que muda de um para o outro é o fato de realizar a contratação ou não do serviço de entrega feito pelos entregadores do próprio aplicativo. Entretanto, esse serviço está disponível em apenas algumas regiões. 

Dependendo do plano escolhido, as taxas sobre os pedidos e o valor pago mensalmente variam. Abaixo, uma comparação entre as condições de cada um dos planos:

Comparativo de planos iFood para restaurantes 

 

Plano Básico

Plano Entrega

Formato de entrega

Feita pelo próprio restaurante

Feita pelos entregadores do iFood

Comissões e taxas pagas ao iFood

12% do valor de cada pedido + 3,5% em pedidos pagos via iFood

23% do valor de cada pedido + 3,5% em pedidos pagos via iFood

Valor da mensalidade (cobrados apenas se o restaurante faturar acima de R$ 1.800 no mês)

R$ 100

R$ 130

Valores e taxas consultados em março de 2021, sujeito à mudanças pelo próprio iFood. 

3. Preencha o formulário online

Para se cadastrar no iFood para vender é necessário acessar o portal de parceiros do iFood. Nele, clique no menu superior na opção “Cadastrar restaurante” ou “Cadastrar mercado”, conforme a natureza do seu negócio. 

Neste ambiente, você deverá informar os dados do responsável legal pelo estabelecimento:

  • Nome completo;
  • E-mail;
  • Celular.

Preencha os campos e aperte o botão “começar cadastro”. 

4. Informe os dados sobre seu negócio

Na próxima tela, você deverá preencher um formulário que solicita as informações do seu negócio. Aqui, será preciso ter dados como:

  • CNPJ;
  • razão social;
  • nome do restaurante;
  • telefone;
  • endereço completo;
  • especialidade do restaurante. 

Feito isso, você deverá escolher qual plano você deseja contratar. Finalizada essa etapa, você terá assinado o contrato digital da parceria e o receberá em seu e-mail. Se precisar, você pode interromper o contrato a qualquer momento sem a cobrança de taxas. 

5. Configure seu restaurante dentro do iFood

Antes de iniciar as vendas é preciso fazer o cadastro de dados do seu restaurante. O cadastro dessas informações na plataforma também é responsabilidade do negócio. Portanto, esteja pronto para informar ao portal:

  • os itens do seu cardápio;
  • valores; 
  • suas formas de pagamento;
  • área atendida; 
  • horários de funcionamento;
  • e outras informações relacionadas. 

Esse é um passo muito importante pois um cadastro bem feito poderá significar uma grande diferença nos números de suas vendas. Portanto, quanto mais informações conseguir informar ao cliente, melhor. 

Cadastre cada prato vendido informando os ingredientes e inserindo uma imagem que represente o prato como ele é na realidade. Você pode conferir nosso post com dicas para fazer uma boa fotografia de alimentos e aprender como deixar seu cardápio mais atrativo com fotos bem feitas. 

Nesse ambiente, é possível cadastrar suas promoções também. Essa é uma boa forma de aumentar as vendas e seu ticket médio, ainda mais nos dias em que o movimento é mais baixo. Por exemplo, um negócio que faz a venda de lanches e percebe que seu volume de pedidos é menor nas segundas e terças-feiras, pode ativar promoções apenas nesses dias. 

Se quiser se inspirar, temos também um conteúdo com ideias de combos de lanches para alavancar suas vendas. Dê uma olhada nele e se inspire! 

6. Agende o início das vendas e baixe o Gestor de Pedidos

Com os cadastros todos prontos, você poderá agendar no portal de parceiros do iFood a data de início das suas vendas no aplicativo. Essa data deverá ser, no mínimo, dentro de 2 dias úteis e, no máximo, até 30 dias após a assinatura do contrato. 

Antes de efetivamente abrir as portas para vender pelo app, você deverá fazer o download em seu computador ou celular da plataforma do Gestor de Pedidos, que será o ambiente em que você receberá os pedidos. Para ativar o restaurante, será necessário fazer uma tour pelo programa, que te mostrará todas as funcionalidades e como utilizá-lo. 

E pronto! Feito isso, seu restaurante já poderá ser ativado no iFood e você poderá aumentar suas vendas pelo delivery. 

Extra: dicas de ouro dos restaurantes de sucesso no iFood

Agora que você já sabe como se cadastrar no iFood para vender, é preciso pensar nos próximos e planejar a rotina de gestão do seu restaurante para manter as vendas sempre acontecendo. 

Para tanto, diversos fatores precisam estar em seu radar, começando pela qualidade do serviço ofertado por seu negócio. Certifique-se de que os processos de produção estão sendo ágeis e o preparo dos alimentos está ocorrendo da melhor forma. Assim, seus clientes receberão os pedidos mais rápido e a comida estará sempre saborosa.

Mantendo um serviço de qualidade, as avaliações positivas surgirão com mais frequência e elas são importantíssimas para conquistar novos clientes nas vendas online! Por isso, procure sempre responder as avaliações dos clientes, sejam positivas ou negativas. Aqui no blog, temos um conteúdo que mostra as boas maneiras para responder as avaliações de clientes, que tal conferir? 

Para mais dicas de gestão de negócios do ramo alimentício, continue seguindo os conteúdos publicados aqui no blog da Castellmaq. Estamos todas as semanas publicando novas dicas, informações e novidades que podem ajudar você a alavancar seu negócio. 

Estamos te ver aqui novamente, até breve!

banner equipamentos castellmaqPowered by Rock Convert