A sinalização do supermercado não só facilita o deslocamento dos clientes na loja como também contribui para o aumento das vendas. Como esse tipo de estabelecimento oferece uma grande variedade de produtos, as pessoas muitas vezes sentem dificuldade para encontrar as mercadorias de que precisam.

Para evitar que os consumidores fiquem perdidos no interior da loja ou até mesmo na parte externa, a empresa deve investir na comunicação visual como instrumento para facilitar a localização da clientela. Com isso, os indivíduos ganham agilidade na hora de fazer compras, já que os produtos estarão sempre à mão.

Continue a leitura deste post e confira dicas úteis para transformar a sinalização do supermercado em um diferencial para o seu negócio!

Cuide da identidade visual da empresa

Se o documento de identidade de uma pessoa serve justamente para individualizá-la e evitar confusões devido a nomes iguais, a identidade visual de um estabelecimento também deve torná-lo singular perante o público.

Quando esse serviço é bem elaborado, rapidamente as pessoas notam a marca do supermercado — logo, podemos concluir que a comunicação visual é eficaz.

No caso da sinalização do estabelecimento, é importante que haja harmonia de elementos, como placas, faixas, anúncios, pinturas, letreiros etc., para que o cliente perceba uma unidade na estratégia comunicativa.

Quando há padronização da forma dos conteúdos, as pessoas tendem a identificar as mensagens de maneira mais rápida, e isso ajuda na localização dentro da loja.

Para que a sinalização do supermercado esteja alinhada à estratégia de comunicação visual, é recomendável contar com o auxílio de profissionais como os designers gráficos. Se possível, é interessante ainda que a loja disponha de um manual de identidade visual, que estabelecerá regras para o uso da marca da empresa, seja em termos de tamanho, cores, aplicação a materiais etc.

Planeje a sinalização do supermercado segundo o comportamento do consumidor

Você já parou para observar como os clientes do seu supermercado fazem as compras? Por onde eles começam e onde terminam? Se você notar uma espécie de padrão, é recomendável sinalizar a loja de acordo com o costume dos consumidores.

Por exemplo: há casos em que as pessoas, antes de mais nada, colocam no carrinho os chamados itens de cesta básica (como arroz, feijão, açúcar etc.) para depois pegar artigos menos importantes, como doces e biscoitos. No final, elas compram produtos de limpeza e de higiene.

Em uma situação dessas, é recomendável organizar as gôndolas de modo a favorecer um roteiro de compras padronizado, com a devida sinalização dos corredores.

É bem verdade que alguns aspectos da loja vão seguir estratégias de marketing, como a instalação da padaria e do açougue nos fundos do supermercado, para que o cliente transite pelos corredores e, assim, possa ver as mercadorias e possivelmente comprar algo que falta em casa.

Identifique todos os setores do supermercado

Imagine que um consumidor vai entrar pela primeira vez no seu estabelecimento. Será que ele encontraria com facilidade os produtos que procura? Se a resposta for não, é indício de que a sinalização do supermercado precisa passar por ajustes.

De preferência, todos os setores da loja devem estar devidamente sinalizados. Em alguns departamentos, o tamanho da letra da placa tem que ser grande o bastante para que o consumidor identifique o setor com um piscar de olhos e, assim, evite dar voltas nos corredores sem necessidade.

No planejamento dessa parte da comunicação visual, é importante ter prévias da visão do cliente nos principais pontos do supermercado. Por exemplo: se ele está em uma “esquina” de gôndolas, o que virá nas duas direções? O ideal é que o consumidor consiga ter uma noção geral da distribuição dos setores sem necessariamente ter que se movimentar muito.

No caso de clientes idosos, a relevância da sinalização do supermercado é ainda maior, já que eles geralmente têm mobilidade reduzida, o que dificulta a movimentação no interior de toda a loja. Para esse tipo de público, os caixas prioritários também devem ser facilmente identificáveis.

Leve em conta aspectos ligados à segurança

A sinalização do supermercado não se restringe à identificação dos setores da loja como forma de melhorar a execução das compras pelos clientes. Na verdade, o estabelecimento também deve seguir a sinalização de segurança, como saídas de emergência, piso escorregadio, locais de extintores e hidrantes etc.

Tais indicações não só são necessárias para a obtenção de aprovações por parte de órgãos governamentais — como o Corpo de Bombeiros — como também demonstram a preocupação do supermercado com a segurança dos clientes.

Não se esqueça da sinalização externa

Muitos supermercados até estão bem-sinalizados internamente, mas do lado de fora a situação deixa a desejar. Da placa principal com o nome da loja até os cartazes das promoções, a comunicação visual do estabelecimento deve privilegiar a objetividade e a clareza das informações.

Para tanto, as mensagens devem ser curtas e escritas com cores contrastantes, para facilitar a leitura. Afinal, muita gente passa de carro pela frente do supermercado, o que não favorece uma observação mais demorada.

Além disso, é necessário sinalizar adequadamente o estacionamento da loja para que o cliente não precise dar voltas até encontrar o próprio carro ou a porta de entrada do estabelecimento.

A placa com os horários de funcionamento também deve fazer parte da sinalização externa do supermercado. Dessa forma, os clientes saberão exatamente os dias e horários de expediente. Com isso, eles poderão se organizar melhor para fazer as compras.

Como você pode notar, a sinalização do supermercado contribui para uma organização racional da loja, o que se reflete em mais agilidade para os consumidores na hora de encontrar os produtos.

Quando a informação é clara e precisa, o cliente consegue se movimentar com autonomia por dentro do estabelecimento. Dessa maneira, as chances de ele achar tudo o que procura são maiores. Assim, a loja potencializa o faturamento, uma vez que deixa de perder vendas devido à eventual dificuldade para encontrar mercadorias.

Em uma era em que o tempo do cliente é cada vez mais curto, facilitar as compras é uma função essencial do supermercado! Quer aprender mais para organizar melhor o seu estabelecimento? Então leia este post e saiba por que a identidade visual é importante para o supermercado.

Powered by Rock Convert