Descubra os 10 melhores cursos de gastronomia do Brasil

Você está pensando em fazer um curso para se tornar um chef profissional? Saiba que no nosso país existem excelentes opções de cursos de gastronomia. E eles são oferecidos por instituições renomadas, espalhadas por várias regiões.

Neste artigo, listaremos os 10 melhores cursos de gastronomia do Brasil e, ainda, mostraremos quais são os benefícios de investir nisso para a carreira de chef de cozinha. Vamos lá?

Benefícios de cursar gastronomia

Apesar de ser o sonho de muitos, nem todos conseguem perceber a dimensão das vantagens que a profissionalização em gastronomia pode proporcionar. Por isso, antes de mostrar quais são os melhores cursos de gastronomia do Brasil, vamos falar sobre os principais benefícios que você pode obter ao fazer essa escolha. Acompanhe!

Possibilidade de ascensão profissional

O primeiro benefício a ser percebido é a possibilidade de ascensão profissional. Para aqueles que pretendem ter seus próprios restaurantes e uma carreira de sucesso, o curso de gastronomia é fundamental.

O conhecimento adquirido em sala de aula vai muito além das teorias. O curso promove uma solidificação da base de formação profissional, o que aumenta a qualidade das combinações e receitas criadas, bem como as chances de sucesso.

Boa parte dessa vantagem acontece porque você não precisará “reinventar a roda”. Isso ajuda a encurtar o caminho e a diminuir a quantidade de erros cometidos no princípio da carreira.

Chances de aumento salarial

Se você já trabalha em um restaurante ou estabelecimento similar, o curso pode lhe ajudar a conseguir um aumento salarial. Com os conhecimentos que você vai adquirir nele, será possível levar uma série de novidades para o trabalho e ganhar visibilidade do seu superior. Sendo assim, será bem mais fácil pedir um aumento salarial.

Mesmo que a sua intenção não seja a de seguir carreira no local em que trabalha atualmente, esse crescimento será importante para lhe ajudar na realização do seu sonho de se tornar um grande chef. Afinal, você ganhará ainda mais experiência, além de poder juntar mais recursos financeiros para a abertura do seu negócio.

Realização de networking

Esse é um benefício significativo para quem deseja montar um negócio próprio. O networking, ou rede de contatos, é fundamental para a formação de parcerias, além de contribuir para a divulgação do restaurante e atração de clientes.

Os cursos de gastronomia colocam o estudante em contato com diversas pessoas estratégicas dentro do universo da culinária, como fornecedores, professores, chefs e influenciadores. Mas, vale ressaltar que é preciso estar aberto e disposto a firmar esses contatos e, ainda, mantê-los ativos continuamente.

Criação de novas perspectivas profissionais

Agora um benefício indireto, mas muito relevante. A experiência de realizar um curso de gastronomia abre a sua mente para novas vivências. Isso aguça a criatividade e, como já deve saber, essa é uma característica muito importante dentro desse segmento.

Diante de todas as possibilidades apresentadas ao longo do curso, você pode acabar descobrindo alguma vertente nova que pode mudar completamente a sua carreira. É uma excelente maneira de definir o que realmente você quer fazer dentro da culinária, e quais serão os caminhos que trilhará.

Depois de conhecer todos esses benefícios, vamos conhecer os cursos de gastronomia do Brasil que mais valem a pena.

Principais cursos de gastronomia do Brasil

Muita gente que sonha em se profissionalizar fica bastante perdida na hora de escolher onde estudar. Primeiro porque, com o boom da gastronomia, hoje existem muitas escolas com especialidades, tamanhos e graus de especialização diferentes. Depois, porque muitas dessas escolas ainda são novas por aqui, e não são tão conhecidas como no exterior.

Por isso, vamos explorar os melhores cursos de gastronomia do Brasil, a fim de lhe ajudar a escolher o melhor para você. Confira!

1. Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC)

Para quem busca uma graduação na área, o Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia do IFSC obteve nota máxima no MEC. Com duração de três anos, você deve esperar sair desse curso sabendo conceber, planejar, gerenciar e operacionalizar produções culinárias, assim como atuar nos diferentes setores dos serviços alimentícios, como na gestão de um restaurante.

O campus do IFSC em Florianópolis conta com cozinhas, laboratórios de produção, panificação e confeitaria. O curso tem uma parte bem focada na tecnologia do alimento. Além de ser gratuito, o que é uma das maiores vantagens de estudar em uma instituição federal, ele ainda é um dos melhores cursos de gastronomia do Brasil.

2. Universidade do Vale do Itajaí (Univali)

Outro curso com nota máxima do MEC é o bacharelado em Gastronomia da Univali, que fica em Balneário Camboriú, também em Santa Catarina.

Dividido em dois blocos, o estudante sai do primeiro bloco como Cozinheiro Chef Internacional e Pâtissier; e do segundo como bacharel, que além de ser capaz de comandar uma cozinha, está pronto para gerenciar empreendimentos na área.

O curso completo dura 7 semestres e tem investimento de aproximadamente R$ 30 mil no total.

3. Estácio de Sá

O curso de graduação da Estácio começou no Rio de Janeiro, mas existe atualmente em várias cidades brasileiras. São dois anos e meio de curso, bem focados na prática da cozinha.

O profissional formado será capaz de trabalhar com culinárias de diversos países, desde a preparação do alimento até o desenvolvimento de empreendimentos nessa área.

4. Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC PR)

O curso de Tecnologia em Gastronomia da PUCPR foi um dos primeiros do Brasil a ter o diploma reconhecido no país e também no exterior.

Com duração de dois anos, ele é o único curso de graduação do Paraná que tem conceito 5 no MEC. Além disso, também é possível tirar o duplo diploma junto com o curso de Nutrição.

O campus fica em Curitiba e conta com laboratórios e cozinhas bem equipadas. O investimento é de aproximadamente R$ 9 mil.

5. Universidade Anhembi Morumbi

Apesar do pouco tempo de vida, em apenas 10 anos o curso de graduação tecnológica em Gastronomia da Anhembi se tornou uma referência no país por conta de sua boa infraestrutura, bons equipamentos e professores reconhecidos.

A escola mantém parcerias com institutos famosos no ramo, como Glion Institute of Higher Education (Suíça), Lês Roches Hotel Management School (Espanha e Suíça), e Institut Paul Bocuse Worldwide Alliance (França), que dão a oportunidade dos alunos fazerem estágio e experimentarem o mercado de maneira inovadora.

A universidade é responsável também pelo 1º Centro de Pesquisas em Gastronomia Brasileira, que se dedica ao estudo científico da nossa culinária. O curso dura dois anos e tem modalidades presenciais e à distância.

6. Instituto Ling

Para quem busca cursos rápidos para aprender algo diferente, o Instituto Ling em Porto Alegre é uma boa pedida. Ele oferece aulas de um ou dois dias, dedicadas a especialidades: pães com fermentação natural, doces de natal, comida thai e drinks, por exemplo.

É uma oportunidade de ter contato com a culinária de um país diferente ou de focar em um prato que você não tem muito domínio.

Outra coisa boa desses cursos é que você não precisa ser um profissional na cozinha, pois a maioria deles é destinada a iniciantes.

7. Escola Castelli de Chocolataria

Para quem deseja se especializar em chocolates artesanais, a serra gaúcha é uma grande referência. E lá, em Canela, fica a primeira escola superior de chocolataria, a Escola Castelli, que é parte da Castelli Escola Superior de Hotelaria.

São cursos de pós-graduação e de curta duração para formar profissionais ligados à indústria do chocolate gourmet. O destaque fica no corpo docente, que inclui nomes como a francesa Chloé Roussel, considerada uma das maiores autoridades em chocolate do mundo.

8. Escola do Sabor

Quem se interessa por culinária e mora em Porto Alegre provavelmente conhece a La Gourmandise, uma loja de utensílios de cozinha que oferece equipamentos bem modernos. Mas poucos sabem que ela também mantém o projeto Escola do Sabor, com vários cursos sobre diferentes áreas da gastronomia.

As aulas são ministradas para poucos alunos em um espaço dentro da própria loja, e recebe o público iniciante como quando chefs querem se especializar. São cursos como Cozinha Francesa, Cozinha Italiana Clássica, Cozinha Mediterrânea etc.

9. Eataly

A Eataly é uma loja de produtos alimentícios italianos que existe espalhada no mundo todo. No Brasil, o empório em São Paulo também oferece cursos de gastronomia italiana, principalmente destinados a iniciantes.

Ela oferece aulas com temas diferentes das tradicionais massas ou pizzas: assuntos como Clássicos Italianos com Frutos do Mar ou Embutidos e Cervejas; e também sobre o tema Itália sem Glúten. Se você curte a comida italiana e está a fim de se aprofundar e aprender algo bem diferente sobre ela, esses cursos vão lhe agradar.

10. Escola Wilma Kövesi de Cozinha

Atuando há 32 anos na área, a Escola Wilma Kövesi oferece cursos tanto para chefs iniciantes quanto para profissionais que já atuam no mercado. São aulas com temas especiais, como cortes de carne, iogurtes caseiros; ou destinados para crianças.

A área gastronômica está em pleno crescimento no país, e alguns dos melhores cursos de gastronomia do Brasil se destacam pelos métodos inovadores e equipamentos tecnológicos. Se você está querendo só aprender alguns conceitos básicos ou se tornar um chef profissional, vai encontrar um curso ideal para as suas pretensões.

Gostou de conhecer mais sobre essas escolas? Já conhecia alguma delas? Conte nos comentários quais os cursos de gastronomia do Brasil que mais chamaram a sua atenção!

Deixe um comentário