O Natal é uma data muito favorável para o comércio em geral. No entanto, o aumento nas vendas nesse período interfere perigosamente no controle de estoque.

Por melhor que seja o planejamento das transações, o resultado exato das vendas dos produtos de Natal é imprevisível e é muito melhor que sobrem alguns produtos do que perder vendas por falta de estoque.

Para complicar ainda mais, alguns produtos são muito específicos da data e não dá para vendê-los tão facilmente após o dia 25. Para ajudar a resolver esse problema, daremos algumas dicas valiosas de como fazer para não perder as mercadorias que ficaram “encalhadas” no estoque depois do Natal.

Confira!

Qual a importância do controle de estoque?

Manter um negócio envolve vários desafios — um deles é a gestão de estoque. Para os empresários do ramo alimentício, por exemplo, essa gestão é ainda mais delicada, pois pode envolver questões sanitárias e de saúde — além dos custos normais de qualquer tipo de estoque.

É imprescindível para o sucesso financeiro de uma empresa uma gestão minuciosa de todos os produtos que estão em estoque, principalmente quanto à quantidade e à validade de cada um. Um estoque bem controlado evita vários prejuízos com desperdício de alimentos e multas de fiscalizações, por exemplo.

Assim, além de evitar os prejuízos, uma boa gestão de estoque ajuda a identificar quais produtos têm melhor saída, quais estão próximos da validade e que, por isso, precisam ser vendidos mais rapidamente, e quais não têm agradado muito aos seus clientes e não devem ser adquiridos novamente.

O que fazer com o que sobrou do Natal?

Alguns produtos de Natal são muito específicos e não fazem muito sentido fora dessa data. É o caso dos produtos com embalagens natalinas, os panetones, o peru, itens de decoração e vários outros.

Produtos como esses nas prateleiras após o Natal são fortes indicadores de prejuízos. No entanto, nem tudo está perdido. Existem várias estratégias para minimizar esses prejuízos e é sobre algumas delas que vamos falar nos tópicos a seguir.

Acompanhe!

Saiba exatamente o que está em seu estoque

Antes de pensar sobre o que fazer com o que sobrou, é preciso saber exatamente o que sobrou. Faça um levantamento minucioso do seu estoque, lembrando de contar também com os produtos que já estão expostos nos balcões e nas prateleiras.

Verifique os prazos de validade de cada produto e classifique-os de acordo com algumas características que determinam esses produtos como natalinos. Produtos de decoração têm menos chances de serem vendidos após o Natal do que uma ave congelada, por exemplo.

Essas informações serão importantes para definir as estratégias nas ações para esvaziar os estoques.

Conheça o perfil do cliente interessado nos produtos em estoque

Se você ainda não trabalha com relacionamento com o cliente, talvez você esteja alguns passos atrás em relação aos seus concorrentes. Conhecer o perfil do público é fundamental para direcionar corretamente a estratégia de vendas. Alguns detalhes sobre os compradores podem fazer muita diferença.

Informações sobre os hábitos de compra, preferências entre os produtos e ticket médio por cliente ajudarão a definir quais produtos ganharão destaque nas vendas após o Natal.

Outra informação importante que vem do conhecimento aprofundado do cliente é sobre como eles deverão ser abordados. A abordagem é um detalhe importante para que a estratégia obtenha ainda mais sucesso.

Realize ofertas direcionadas

Este é um dos pontos mais explorados pelas empresas — não é a toa. Essa é a estratégia de gera os melhores resultados entre as comumente usadas. Os consumidores já estão acostumados às ofertas de produtos específicos após datas como o Natal. Um exemplo clássico são as vendas de ovos de chocolate após a Páscoa.

Um detalhe muito importante a ser ressaltado é que todos os produtos natalinos que não foram vendidos até o dia 25 não serão mais vendidos a menos que o consumidor veja muita vantagem em comprá-los.

Então, se o produto não puder aguardar até o próximo Natal no estoque, é melhor criar uma oferta bastante tentadora para convencer os seus clientes de comprar.

Não tenha medo de vender alguns produtos pelo mesmo preço que comprou ou até mesmo um pouco mais barato. Lembre-se: é melhor não ter lucro com um produto do que ter que arcar com o prejuízo de não vendê-lo.

Premie seu cliente

Crie promoções e use os produtos que não seriam vendidos como prêmios. As ideias de promoção são variadas e dependem bastante do seu público. Se você tem uma padaria, por exemplo, ofereça um panetone para quem comprar uma quantidade maior de pães.

Se você têm um mercado, uma boa ideia é sortear algumas aves entre os clientes que fizerem compras acima de determinado valor. As opções são muitas e o importante é usar o produto que geraria prejuízo para aumentar o ticket médio e incentivar os clientes a comprar mais.

Divulgue bastante as suas ações promocionais

De nada adianta pensar em várias estratégias para “desovar” o estoque se seus clientes não ficarem sabendo. Todas as ações para esvaziar estoque que mencionamos até agora têm um objetivo em comum: oferecer uma vantagem atraente para o cliente a fim de que ele seja motivado a comprar o produto, mesmo depois do Natal.

Para que esse objetivo seja alcançado, é preciso fazer com que o cliente entenda as vantagens que estão sendo oferecidas. Ele precisa perceber o valor da oferta.

As promoções pós-Natal devem ser exibidas em cartazes espalhados pela loja, panfletos a serem distribuídos na vizinhança do seu negócio e nas redes sociais. Trabalhe o marketing de seu empreendimento.

Use uma linguagem persuasiva, convença seu cliente de que ele fará um bom negócio. No entanto, tenha muito cuidado: nunca faça propaganda enganosa. Seja persuasivo sem ser desonesto!

Alguns produtos são um pouco mais difíceis de vender após o Natal do que outros, mas todos podem entrar nas estratégias citadas acima. O importante é não deixar de agir!

Manter o controle de estoque é essencial para a sobrevivência do negócio. Se você gostou das nossas dicas, leia nosso artigo sobre como otimizar o controle de estoque de supermercado e aprenda ainda mais!

Powered by Rock Convert