Sem dúvida, a administração de supermercados ou mercearias exige bastante cuidado. Afinal, esse tipo de empreendimento está constantemente recebendo clientes e ter problemas de gestão pode prejudicar a sua continuidade.

Para evitar esse contratempo, algumas medidas precisam ser tomadas. É o caso de utilizar certas ferramentas para melhorar o controle do seu comércio e atingir melhores resultados.

Nesse contexto, o monitoramento do fluxo de caixa em supermercado é um ótimo mecanismo para oferecer essa capacidade e melhor possibilidade de gestão.

A seguir, vamos apresentar qual a importância dessa ferramenta e 5 dicas de como organizá-la para melhorar o seu negócio. Entenda!

Por que é importante realizar o fluxo de caixa?

A princípio, o fluxo de caixa é muito mais do que saber os valores que entram e saem do seu caixa ou descobrir a quantia que sobrará no final do mês.

Claro que essas informações são importantes para a organização de suas finanças, afinal, entender suas receitas e despesas é poder tomar decisões mais acertadas a partir desses dados.

Porém, há muito mais aspectos que podem ser considerados quando falamos sobre essa ferramenta. Por exemplo, ela pode te ajudar a entender quais são os períodos com mais ou menos movimentação no seu negócio.

Dessa forma, você saberá quando o seu comércio costuma vender mais e pode desenvolver planos de ação — como promoções ou descontos — e se antecipar quanto aos resultados.

Além disso, um fluxo de caixa bem organizado é capaz de te auxiliar a definir qual é o melhor momento para fazer novos investimentos (reformas, contratação de funcionários, etc), inclusive no quesito estoque, já que você terá conhecimento do histórico de vendas tanto à vista quanto a prazo.

Por meio dele, é possível compreender a real condição financeira do seu comércio com uma visão amplificada, possibilitando analisar o impacto das suas ações em períodos de curto, médio ou longo prazo.

É por isso que o fluxo de caixa é uma ferramenta tão importante para qualquer empresa, já que se trata de um recurso administrativo que tem impacto direto nas finanças e dispor de mecanismos para ajudar a manter a saúde do comércio.

Dito isto, vamos ver algumas dicas para organizá-lo.

Como organizar o fluxo de caixa em supermercado?

1. Organize sua rotina

Para a obter a melhor performance do fluxo de caixa, é essencial a organização da rotina dele. Essa conduta não só afetará o seu caixa, como também influenciará a melhoria do seu negócio.

Você deve ficar atento, pois será preciso separar um tempo para verificá-lo. Nesse quesito, é importante definir qual é a melhor estratégia para você: fazer essa atividade todos os dias, semanalmente ou mensalmente.

Depois de determinar o melhor período, é hora de desenvolver um sistema que permita registrar as movimentações do seu caixa de forma prática.

Você pode optar por programas com planilhas ou utilizar um bloco de anotações. Veja qual modo é o mais conveniente para você.

Dessa forma, com essas etapas bem definidas, fica fácil obter um bom controle do seu fluxo.

2. Classifique as suas despesas e receitas

A identificação de suas movimentações financeiras será a chance de determinar quais são as suas despesas e receitas. Aqui, há um trabalho conjunto do sistema para registrá-las e para identificar o que é cada entrada e saída.

Não se limite na hora das anotações: até mesmo as compras para o café e os materiais de limpeza utilizados no local devem ser registrados. Assim, será mais fácil perceber onde está o desperdício, quais são os itens desnecessários e o que está influenciando o seu caixa.

3. Preste atenção nos gastos que são constantes

Os custos fixos são parte do cotidiano quando se tem um negócio. Gastos com fornecedores, luz, água, manutenção de equipamentos, etc, são desembolsos que precisam ser levados em consideração.

Por causa disso, é necessário não só anotá-los, como também separar previamente o montante para esses gastos. Afinal, eles entram na categoria de custos fixos, aquele tipo de desembolso que sempre há no seu empreendimento.

Manter essa conduta em relação a essas despesas é a forma correta de se precaver contra momentos em que há a necessidade de utilizar alguma quantia para imprevistos — como concertos de peças, por exemplo —, além de ser uma ótima forma de identificar quando os gastos estão aumentando e pensar no que pode fazer para minimizá-los.

4. Invista na gestão financeira do seu supermercado

Sabemos que planilhas são uma ótima ferramenta para registrar os seus gastos. Há vários programas que possuem essa função e que trazem uma série de possibilidades, como é o caso do Excel.

Entretanto, esse tipo de ferramenta não costuma conter todos os recursos necessários para realizar uma gestão financeira. Além do mais, sua funcionalidade está sempre limitada a apenas produzir planilhas.

A melhor solução é procurar por um sistema de gestão financeira, pois ele apresenta uma diversidade de funções, como planilhas, relatórios, gráficos, entre outros. Outra facilidade oferecida por esses sistemas é integrar os vários departamentos do seu supermercado.

Existem diversos sistemas no mercado — alguns, inclusive, são disponibilizados gratuitamente. Com uma boa pesquisa, é possível encontrar aquele que se encaixa perfeitamente no seu objetivo.

5. Cuide do seu estoque

Supermercados ou mercearias são comércios em que o gestor está constantemente lidando com a chegada de materiais e artigos. O cuidado com o estoque é uma parte importante da gestão e também do fluxo de caixa.

Se não houver uma reposição periódica dos produtos e muitos deles ficarem guardados, surgem dois problemas: o fato de que uma parte de seu investimento ficou imobilizada e despesas com a manutenção do espaço. Por outro lado, um estoque que se esgota muito rapidamente também pode causar problemas de reposição.

O fluxo de caixa pode auxiliar na resolução desse tipo de problema. Realizando a análise das vendas, é possível observar qual é a escala de produtos que saem da sua loja. Assim, é possível definir a quantidade ideal para o seu estoque sem erro e com maior segurança.

Bem, com certeza com as informações encontradas aqui ficou bem claro como organizar o fluxo de caixa em supermercado, não é? Quer fazer alguma pergunta ou deixar algum elogio? Então comente! Estamos ansiosos para saber a sua opinião!

Powered by Rock Convert