O mercado de produtos naturais tem se desenvolvido bastante ultimamente. Estima-se que o setor cresça anualmente cerca de 6% até 2020. Já no Brasil, a previsão é de 4% até 2021. Diante dessa expectativa positiva, investir em ações nesse sentido em seu restaurante pode ser uma fonte interessante de novas vendas.

Para ajudar você, preparamos este post com as principais dúvidas de quem está entrando nesse mundo. Afinal, por maior que seja o seu tempo de experiência, a alimentação natural é algo mais recente e envolve muitas questões que vão além dos produtos em si. Então aproveite e boa leitura!

Principais características do mercado de produtos naturais

Vamos começar entendendo como esse mercado é constituído. Para tal, abordaremos os principais pontos que determinam as regras seguidas por seus adeptos. Confira a seguir!

Perfil geral do público

As pessoas que adotam a alimentação natural têm um perfil diferenciado. Para elas, o processo de fabricação dos produtos tem grande influência na decisão de compra. Dessa forma, não basta oferecer uma prateleira de sanduíches naturais ou aumentar as opções de salada no almoço. É preciso ir um pouco além.

É um tipo de cliente mais exigente e questionador. Portanto, é fundamental conhecer bem os conceitos e as formas corretas de produção para garantir que eles serão atendidos de forma satisfatória e terão produtos de qualidade.

Tipos de produtos

Os tipos de produtos naturais podem variar bastante de acordo com a concepção do local e do público-alvo escolhido. Com relação às propostas de valor, estas são as mais comuns.

  • refeições in loco, tais como almoço e jantar;

  • refeições congeladas;

  • lanches rápidos;

  • sucos funcionais.

Além disso, há diversas tribos diferenciadas, cada uma com um foco específico. As mais populosas, ultimamente, tem sido as seguintes.

  • vegetarianos;

  • veganos;

  • pessoas que querem perder peso;

  • fisiculturistas e público fitness.

Questões diretamente relacionadas

Além do tipo de público e produtos que eles demandam, existem diversas questões que não estão ligadas diretamente aos alimentos em si, mas a toda a cadeia de produção. Vejamos o exemplo dos vegetarianos. Eles adotam um regime alimentar baseado em vegetais, podendo variar desde a permissão de ovos, leites e derivados até a restrição de todo tipo de proteína de origem animal.

Em contrapartida, o veganismo é um movimento que luta pelos direitos dos animais. A alimentação é apenas uma das suas preocupações. Eles não usam roupas e calçados de couro ou cosméticos que realizam testes em animais, por exemplo.

Por outro lado, a galera fitness busca apenas uma melhoria da saúde e estética. Por isso, a importância de definir e conhecer bem o público para o qual o negócio será destinado. É o que fará a diferença na fidelização desses clientes.

O uso de produtos naturais como estratégia de diferenciação de mercado

Muitas empresas já perceberam o potencial de crescimento do mercado de produtos naturais e começaram a usar isso como uma estratégia de diferenciação. Mas, para isso, é preciso se atentar a alguns detalhes, como vamos mostrar a seguir.

Mudanças na proposta de valor do restaurante

O oferecimento de uma comida mais natural precisa estar alinhado com a proposta de valor do restaurante. Ou seja, o estabelecimento não se torna diferenciado por ter algumas opções mais saudáveis, vegetarianas ou afins. A mudança precisa ser mais profunda e abrangente.

Por exemplo: imagine que você seja dono de uma churrascaria e percebe que existe uma demanda por opções vegetarianas. Então o ideal é que você ofereça um buffet completo de salada e diversas opções de preparos na brasa, tais como, pão de alho, abacaxi, espeto de vegetais, entre outros.

Adequação do atendimento

Uma das principais dificuldades enfrentadas por quem segue uma alimentação diferenciada é ser tratado como alguém “problemático”. Por mais que seus funcionários se esforcem para contornar uma situação inesperada, a qualidade no atendimento é prejudicada.

Por isso, é muito importante que a equipe seja preparada para saber lidar com o que se tornará a rotina do local. Assim, é possível garantir que os clientes se sintam mais confortáveis a à vontade. Então, até mesmo vegetarianos podem vivenciar uma boa experiência em uma churrascaria com os amigos.

Troca de fornecedores

Lembra que falamos sobre a preocupação de alguns desses públicos com a cadeia produtiva por trás de tudo? Pois bem, é nesse momento que entra a mudança de alguns fornecedores. O objetivo é garantir a boa procedência dos produtos, principalmente com relação ao uso de agrotóxicos e outros produtos nocivos à saúde e ao meio ambiente.

Nesse sentido, a melhor alternativa é estabelecer parcerias com produtores locais. Além de atender às exigências dos clientes, essa atitude ainda estimula a agricultura familiar e orgânica. Isso interfere na qualidade do produto final e na imagem do restaurante perante o mercado.

Impactos no marketing e nas vendas do restaurante

Diante de tantas mudanças, fica clara a necessidade de adequação nas estratégias de marketing e vendas da empresa. Afinal de contas, são elas as responsáveis por atrair e conquistar os novos clientes. Em alguns casos, isso pode impactar no tom utilizado na comunicação e até nos canais de divulgação.

Se a intenção é acrescentar um serviço de alimentação saudável ao negócio, sem deixar de atender ao público atual, é importante cuidar para que a estratégia de marketing considere os dois lados. Como no exemplo da churrascaria; eles podem ter perfis completamente diferentes e até mesmo opostos.

Entretanto, se o intuito é mudar ou montar do zero algo totalmente focado na alimentação natural, basta estudar bastante as características dos integrantes do grupo escolhido como alvo e determinar táticas segmentadas para ele. Por ser um público mais exigente, o recomendado é pesquisar bastante antes de tomar qualquer ação. Inclusive, fazer parte da comunidade é um grande facilitador.

Enfim, o mercado de produtos naturais é bastante promissor e oferece muitas possibilidades. Tomando as devidas precauções que alertamos neste artigo, as chances de sucesso nessa área são muito grandes. Assim, basta definir o público e os produtos que deseja oferecer e começar.

Se você gostou deste post e está pensando em fazer uma mudança em seu restaurante, conheça nossa loja virtual e entre em contato para ajudarmos você nesse desafio.

 

Powered by Rock Convert