Crise econômica? Não para quem quer aumentar as vendas do restaurante. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto Foodservice Brasil (IFB), o segmento de bares e restaurantes correu na contramão da recessão.

O setor apresentou um crescimento de 3%, em seu faturamento no ano passado, e movimentou cerca de R$ 184 bilhões na economia brasileira. Sem dúvida, o ramo é uma excelente oportunidade para quem deseja empreender.

Acontece que esse crescimento também representa o aumento da concorrência. Quem atua no ramo sabe que as opções para o cliente se multiplicam e que, portanto, precisa se preparar para atrair mais clientes e conquistar a sua parcela do mercado.

Para isso, é fundamental investir em estratégias de vendas, marketing e criar uma equipe capacitada. Mais importante do que tudo isso: é preciso que o gestor realize um ótimo planejamento estratégico.

É, justamente, por isso que resolvemos ajudar os nossos leitores e trazer algumas estratégias para aumentar as vendas do restaurante.

Você vai conferir desde estratégias para divulgar o seu estabelecimento, até ações internas, que  você pode realizar para garantir um retorno muito maior. Acompanhe e fique por dentro de tudo o que precisa saber sobre o assunto!

Invista no marketing digital

Pode ter certeza que o seu cliente não larga mais do smartphone. Por sinal, ele usa a ferramenta para tudo: da comunicação à informação. Por isso, nunca foi tão importante ter uma presença online. São muitas as oportunidades de divulgação e os empreendedores que tomarem a dianteira, certamente, conquistarão mais clientes.

Podemos destacar as mídias sociais, por exemplo, que vêm sendo muito utilizadas pelos restaurantes. Na maioria dos casos, plataformas como o Facebook, por exemplo, servem como um espaço de divulgação e, ao mesmo tempo, de comunicação. Muitos fazem pedidos por meio da box de mensagens da ferramenta.

Além disso, destacam-se também estratégias de links patrocinados (anúncios veiculados nos motores de busca, como o Google), o SEO e o marketing de conteúdo. O melhor de tudo é que essas estratégias são viáveis para qualquer tipo de negócio.

Conte com o apoio da tecnologia

A tecnologia não está presente apenas na rotina dos clientes. O fato é que muitas empresas já fazem uso de sistemas de automação. Nem mesmo a crise afetou os investimentos na área. Segundo a FGV, as empresas continuaram destinando 7,6% da sua receita para investimentos em sistemas e softwares, entre 2015 e 2016. Parece que o nosso empresariado já entende a importância desse tipo de ferramenta.

Para começar, podemos destacar a importância de ferramentas como o CRM (Customer Relationship Management). Esse tipo de sistema tem como principal finalidade a administração de dados e processos relacionados ao cliente, o que garante muito mais precisão nas ações realizadas pela sua organização.

Outro ponto de destaque são as lojas virtuais. Como vimos na parte de marketing, o consumidor está mais presente no mundo virtual, e, portanto, também devemos fazer parte desse meio. Existem empresas especializadas nesse segmento.

Melhore o atendimento do seu negócio

Se você tivesse que escolher entre o atendimento, o preço ou a qualidade do produto, qual desses seria o seu foco? Se não respondeu a primeira opção, então seu pensamento não está alinhado com o do seu cliente. Uma pesquisa realizada pelo Revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios, mostrou que o atendimento é a preferência da clientela – mais de 60% dos entrevistados responderam dessa forma.

É preciso, portanto, que você trate o consumidor como um rei. Mas como fazer isso? Como vimos, um bom começo é utilizar ferramentas como o CRM. Afinal, os sistemas disponíveis nos ajudam a acompanhar o cliente em todo o funil de vendas, o que permite um atendimento personalizado, realmente focado nas suas necessidades atuais.

Outra dica muito importante é investir no treinamento dos colaboradores. Nesse sentido, três são os tipos de treinamentos que podem ser aplicados.

O primeiro deles é o treinamento de produto, voltado ao conhecimento do restaurante, no caso. Além desse, temos os treinamentos técnicos, relacionados às habilidades dos garçons (como um curso de línguas), por exemplo. Por fim, temos os treinamentos comportamentais, para que seus funcionários atuem de acordo com o perfil da empresa.

Realize o pós-venda

É fundamental, para aumentar as vendas do restaurante, realizar o pós-venda. Precisamos entender que nosso trabalho não termina com a entrega do produto para o cliente. É preciso ir além. Afinal, o processo de vendas não é retilíneo, mas cíclico. O objetivo é sempre trazer esse cliente de volta para aumentarmos a nossa base.

No segmento dos restaurantes, o pós-venda pode ser feito no próprio local. O gerente ou os garçons podem ser cordiais com o cliente e buscarem sempre compreender suas necessidades. Assim, podemos fazer com que a experiência desse consumidor seja boa, mesmo depois de já estar se satisfazendo com a comida.

Podemos ir além e investir em ações de e-mail marketing. A ideia é descobrir, por meio de mensagens posteriores, qual foi a experiência do cliente com o nosso estabelecimento. No fim, essa também pode ser uma oportunidade para divulgar o seu produto.

Foque na fidelização

Como vimos, o processo de vendas é cíclico. O objetivo é fidelizar o cliente, para que ele volte a fazer negócios conosco e, quem sabe, indique os nossos serviços para amigos e familiares. É por isso que devemos sempre manter o foco na fidelização. Principalmente, no universo dos restaurantes que, apesar de não parecer, dependem muito da relação do cliente com o estabelecimento – de memórias, entre outros.

Para isso, podemos investir em ações de fidelização, como os programas de fidelidade. O objetivo desse tipo de estratégia é gamificar o consumo. Isso é, trazer a experiência dos “games” para a sua empresa. A medida que o cliente faz uma compra, ele garante pontos que podem ser acumulados e trocados por produtos e descontos.

Além desse tipo de ação, outra dica para aumentar as vendas do restaurante é investir no próprio relacionamento com o cliente. Abrir canais de comunicação, por exemplo, são uma excelente maneira de se fazer isso – mas é importante sempre responder, é claro.

Gostou do nosso post de hoje? Então acesse o nosso Facebook e fique por dentro de muito mais!

Powered by Rock Convert