5 Passos para acertar no churrasco gourmet

O churrasco gourmet é aquele churrasco típico de domingo elevado a uma experiência gastronômica inesquecível. Os seus principais diferenciais são cortes de carne sofisticados, acompanhamentos elaborados e produtos de alta qualidade.

Além de um evento que faz tremendo sucesso entre a família e os amigos no almoço de domingo, o churrasco gourmet é uma ideia de negócio que pode ser extremamente vantajosa no mercado alimentício atual.

Este post da Castellmaq é para você que quer saber como preparar um churrasco gourmet para elevar o nível dos eventos que organiza em casa, mas também para quem tem interesse em se tornar um pequeno empreendedor e garantir uma renda extra.

Siga os nossos passos e, ao final, estará pronto para dominar a churrasqueira com maestria!

 

1. Aposte em cortes suíno

Um churrasco chique não necessariamente é um sinônimo para picanha bovina! Os cortes suínos são alternativas que nem todo mundo lembra, mas que são capazes de agregar mais variedade e sabor à refeição. Ao incluí-los no seu churrasco, você estará proporcionando uma nova e única experiência aos amantes da tradição brasileira.

E quais cortes encomendar no açougue? A costela de porco, panceta, ancho e picanha estão entre as melhores carnes para o churrasco suíno, pois são macias e têm um sabor suave que agrada paladares diversos. As carnes podem ser marinadas em um tempero de alecrim, chimichurri, molho de laranja, barbecue, mostarda e mel ou molho de hortelã.

2. Inclua frango temperado e linguiças especiais

Os cortes de porco agradam imensamente a quem gosta, mas sempre precisamos pensar nas pessoas que não são fãs da carne, ainda mais em estabelecimentos culinários. Por isso, um bom churrasco premium também deve incluir cortes de frango e linguiças especiais temperadas e recheadas que conquistam todos.

Olhe só as nossas recomendações deliciosas para pedir no açougue: coxinha da asa tipo Buffalo Wings com molho tradicional de churrasco americano, sobrecoxa desossada com chimichurri, meio da asa com molho barbecue, coração com ervas finas, linguiça com pimenta biquinho, linguiça de frango com bacon, linguiça cuiabana com queijo coalho e linguiça com azeitona.

Lembre-se que essas são apenas sugestões! Caso o seu público alvo prefira optar pela picanha, alcatra, contrafilé, costela, fraldinha e outros clássicos cortes bovinos, pode inseri-los no cardápio sem medo.

Para saber como usar esses cortes de uma forma mais sofisticada e inovadora no churrasco gourmet, basta seguir as nossas próximas dicas.

3. Atente-se aos pontos de cada carne

De nada adianta gastar dinheiro com cortes de carne excelentes se eles acabaram ficando queimados demais, né? Para preservar a suculência e sabor dos cortes suínos especificamente, não deixe a carne ficar mais ou menos que ao ponto, que é quando está com uma textura macia e cor rosada por dentro. A nossa dica é virar a peça apenas uma vez com um pegador para não furar.

Já os cortes de frango como a coxinha de asa, a sobrecoxa desossada, o meio da asa e o coração de galinha devem ficar grelhados por fora e totalmente cozidos por dentro, sem deixar até ficarem esturricados mas sem tirar se estiverem com a coloração rosada.

Sempre cortadas na diagonal para preservar a sua suculência, as linguiças temperadas precisam estar macias com uma crosta levemente dourada e crocante por fora.

Carne de churrasco na tabua

4. Acenda o carvão com antecedência

Mais especificamente, com 1 hora de antecedência! Para fazer o churrasco premium perfeito, é fundamental que você se atente ao momento ideal de acender o carvão para evitar correria na hora de cozinhar e convidados ou clientes insatisfeitos com a demora.

E falando do método de assar ou grelhar as carnes, lembre-se que o sucesso dos preparos depende de carrinhos de churrasco de qualidade como os que você pode encontrar no site da Castellmaq!

5. Não se esqueça dos acompanhamentos

Para tornar a experiência mais interessante, bons acompanhamentos são ótimas saídas. No começo da refeição, uma mesa de frios fatiados completa não pode faltar, assim como uma opção deliciosa de salada. Essas entradas servem para amenizar a fome dos convidados ou clientes e ganhar mais tempo para que você prepare a refeição principal com calma.

No lugar do arroz branco, opções que se destacam são um arroz com linguiça, risotos diversos ou um arroz ao forno. O vinagrete é a escolha tradicional, mas o seu papel de limpar o paladar das gorduras pode ser alcançado pela deliciosa salsa criolla argentina com tomate, salsinha, cebolinha, alho, cebola roxa, vinagre, azeite, limão siciliano, sal, pimenta calabresa e do-reino.

Para não abrir mão dos clássicos, dá para incrementar as opções tradicionais adicionando ingredientes diferenciados nas receitas do churrasco gourmet. Por exemplo, você pode transformar a farofa de ovos tradicional em uma farofa de bacon com ervas, parmesão ralado e especiarias.

Um preferido do público, que tal fazer o pão de alho com um delicioso pão francês caseiro?

Falando do churrasco em si, você pode apresentar as carnes com molhos ou acompanhamentos que as tornam ainda mais saborosas e suculentas. As nossas sugestões são barbecue, mostarda e mel, chimichurri, chipotle, o clássico molho de alho (ou arro), molho de pimenta biquinho, guacamole, molho de ervas finas com limão e a tão amada salada de maionese.

Isso pode ser o bastante numa refeição em família, mas os restaurantes precisam acrescentar outros acompanhamentos que agradem gostos diferentes.

Batatas assadas ou fritas, cebolas caramelizadas, picles diversos, espiga de milho assada com azeite e ervas finas, legumes refogados e pães são excelentes alternativas e permitem até que o consumidor vegano coma bem.

E aí, gostou das nossas dicas? Para finalizar o seu churrasco gourmet com um toque especial, confira o nosso post com receitas de donuts e ofereça a sobremesa deliciosa para os seus convidados ou clientes como cortesia!

Deixe um comentário