Cardápio de bebidas para bar e restaurante: aprenda a montar um!

Donos de comércio alimentício certamente sabem que ter bons pratos e boas bebidas em seu estabelecimento é essencial, não é? Especialmente se for um bar ou restaurante, visto que eles são bem procurados no dia a dia. Para que essa procura cresça ainda mais, é preciso ter um bom cardápio de bebidas e de comida.

Esses devem trazer variedade para atender todas as exigências e preferências, além disso, tudo que for servido deve ter qualidade, pois não adianta encher o seu negócio de opções se o que oferece aos clientes não tem tanta qualidade.

Deve-se ter em mente que esses produtos necessitam de um planejamento, não é indicado apenas encher o menu de opções se essas não forem consumidas pelo público. É por isso que a Castellmaq ajudará os empreendedores a montar um cardápio de drinks e bebidas que seja atraente para a sua clientela. Vamos lá!

Bom planejamento, bons resultados!

Antes de mais nada, é preciso fazer um estudo um pouco mais complexo sobre o que esses consumidores gostam em conjunto com o que é mais comum de ser oferecido em comércios do seu nicho. Água, alcoólicos, sucos, entre outros itens são os mais tradicionais e, em suma, é bom mantê-los.

Mas qual tipo de suco? Quais alcoólicos? Para definir tais coisas, o interessante seria também pensar em si como um consumidor. O que você gostaria de beber se fosse em um estabelecimento como o seu?

Depois de definidos os sabores, é importante também saber com quais marcas de fornecedores você trabalhará e como será a reposição desses produtos. Semanalmente ou mensalmente? Isso é imprescindível para que não haja falta de itens no estoque antes do próximo descarregamento de mercadorias. 

O interessante no caso das reposições é fazer os cálculos de estoque máximo da maneira correta para que não faltem ou sobrem mercadorias, o que ocasiona em uma perda de dinheiro, e isso deve ser evitado.

Feito isso, é preciso pensar: como serão os preços? É claro que, normalmente, em seu primeiro planejamento isso já deve ter sido definido, mas não se esqueça de realizar os cálculos corretos dos preços, considerando sazonalidade, demanda, etc.

Se você não sabe muito sobre como colocar preço nos produtos alimentícios, confira nosso texto completíssimo para não errar no momento dessa estratégia!

Ademais, os equipamentos também são importantes. Seu empreendimento tem tudo que necessita para essas bebidas? Como freezers, despolpadeira de fruta, liquidificador e outros. 

Essas máquinas ajudarão grandemente na hora de preparar os itens que vai servir para os clientes, além de otimizar muito o trabalho na hora da produção, o que interfere diretamente na satisfação dos consumidores, garantem maior agilidade e organização para a equipe. 

Após realizar tudo isso, o cardápio pode começar a ser pensado. Será muito mais fácil estabelecer o que será colocado ali ou não e quais preços são mais indicados conforme as especificações do seu bar ou restaurante.

Copos decorados com rodelas de limão

Cardápio de bebidas: variedade e qualidade são essenciais!

A dica é manter o carro chefe nas opções que foram citadas acima: suco, água e alcoólicos, que são os mais comuns. Entretanto, é perfeitamente possível criar receitas diferentes e escolher produtos de qualidade que não sejam tão conhecidos, assim o seu estabelecimento começa a criar mais personalidade.

Sucos

Aqui, é imprescindível investir nas frutas, mas essas têm que ter qualidade! Procure bons fornecedores para enviar somente mercadorias bonitas que sejam saborosas e bem aproveitadas. Há inúmeras opções de suco para seu estabelecimento, tais como:

  • Laranja;
  • Morango;
  • Uva;
  • Abacaxi;
  • Maracujá;
  • Manga;
  • Goiaba;
  • Acerola.

Essas opções são as mais comuns, mas você pode incrementar tudo adicionando outros ingredientes. Por exemplo, o suco de laranja pode ser misturado com limão para criar ainda mais citricidade, ou com mamão para ficar bem doce. Abacaxi e hortelã, quase sempre, andam lado a lado, então por que não disponibilizar essa opção também?

Além disso, as opções podem variar conforme a sua região no país. Em alguns lugares, algumas fruta são mais caras, enquanto outros sabores de suco são mais tradicionais e essenciais em qualquer estabelecimento: invista na regionalidade.

É comum que alguns lugares ofereçam esses sucos com água e com leite, o último, geralmente, não é tão consumido por adultos. Mas isso pode ser avaliado considerando o seu próprio público. Se o seu estabelecimento comportar mais família, os sucos com leite são bem pedidos para as crianças. Pode ser feito um teste, se houver bastante pedidos, é aconselhável deixar disponível a escolha.

Água

Pode parecer desnecessário deixar esse líquido na lista, pois, em sua maioria, há apenas a opção com gás e sem gás. Entretanto, existem muitas marcas que produzem águas saborizadas, como com limão, laranja, entre outros, e essas são bem conhecidas. 

É aconselhável disponibilizá-las também, visto que há muitas pessoas que podem não consumir os outros itens, principalmente crianças, jovens ou adultos que não estão com vontade de beber coisas alcoólicas. Variedade com qualidade é essencial, certo?

Alcoólicos

Aqui, os mais comuns são destilados e cervejas, certo? Mas há tantas combinações e produtos que, muitas vezes, torna-se difícil escolher o que servir. Porém, na dúvida, escolha os que mais agradam o paladar dos consumidores.

No caso das cervejas, há opções de marcas mais famosas e um pouco mais caras que são as favoritas das pessoas. Escolher quatro ou cinco tipos já deixa a gama de escolha bem ampla. Você pode optar por fornecer chopp também, basta decidir entre os fornecedores e pegar do tipo claro e do tipo escuro, podendo incrementar com o de vinho de julgar necessário.

Para destilados, as vodkas são as mais comuns, mas também pode optar por whisky, conhaque, cachaça, gin e tequila. No caso das vodkas, elas, geralmente, podem acompanhar um combo, seja de energético ou com suco, ou virem em shots, assim como conhaque, a cachaça e a tequila. O whisky, por ser um produto mais caro, costuma ser consumido em doses.

Mas a gama de combinações que os destilados podem trazer é muito lucrativa, visto que diversos drinks podem ser feitos com frutas e outros ingredientes. Por exemplo:

  • Caipirinha (vodka ou cachaça com limão, morango, kiwi, etc.);
  • Saquê com frutas (maracujá, morango, limão, laranja);
  • Piña colada;
  • Batidinha (frutas ou vinho);
  • Gin e tônica;
  • Mojito.

Entre muitas outras que caem nas graças do público. Fazendo tudo com cuidado para que fique saboroso e agradem a clientela, seu empreendimento será um sucesso. Não deixe de investir em seu cardápio de bebidas, ele é um dos itens principais que trazem pessoas ao seu negócio!

três tipos de drinks

O que achou dessas dicas para montar as opções do seu empreendimento? Nessa hora, conhecer bem o seu público tornará muito mais simples a escolha dessas mercadorias. 

Para saber mais sobre estabelecimentos comerciais alimentícios e muito mais, não deixe de nos acompanhar semanalmente. Até o próximo post!

Deixe um comentário